<
>

20 dias para a NFL: os quarterbacks de '20 e poucos anos' que querem ser a cara da liga

play
Na NFL, garoto que luta contra o câncer agradece apoio de jogador dos Patriots - e ele respondeu (1:04)

Patrick Chung usou pulseira com mensagem para Jack Berry, de 10 anos, que batalha contra osteossarcoma (1:04)

Faltando 20 dias para o início da temporada regular da NFL, decidimos olhar para o futuro. Se Tom Brady, Drew Brees, Aaron Rodgers, Ben Roethlisberger, entre outros, já estão consolidados, quais serão os jogadores que "darão cara" à liga dentro de alguns anos.

Na busca pelos jogadores de "20 e poucos anos", encontramos nomes consagrados como os de Russell Wilson, campeão do Super Bowl XLVIII, e Cam Newton, MVP da temporada regular de 2015.

Então a opção foi por olhar especificamente para aqueles jogadores nascidos nos anos 90, que não estão em suas temporadas de calouros, e que têm mais chances de começarem a temporada como titulares de seus times.

Confira:

Carson Wentz

Nascimento: 30 de dezembro de 1992

A lista começa começa com um jogador que entra em sua terceira temporada com os holofotes voltados para si. Depois de uma temporada de estreia comum no Philadelphia Eagles, Wentz conquistou o anel de campeão em 2017, mas não da forma que queria.

Uma lesão no joelho na semana 13 tirou-o de campo na reta decisiva da temporada, mas ele deixou o time já classificado para os playoffs e como um forte candidato ao prêmio de MVP. Foram 33 passes para TD e apenas sete interceptações. Um desempenho de primeiro nível.


Jared Goff

Nascimento: 14 de outubro de 1994

Recrutado antes que Wentz, Goff ainda desperta dúvidas em muita gente, mas é a aposta da liga para protagonizar uma nova dupla de QBs rivais, como Brady x Manning.

Goff foi um dos jogadores do Los Angeles Rams que mais ganhou com a troca de Jeff Fischer para Sean McVay, subindo de 54,6% para 62,1% o aproveitamento nos passes, e de 5.3 para 8 as jardas por tentativa, terminando a última temporada com 28 passes para TD e sete interceptações.


Jimmy Garoppolo

Nascimento: 2 de novembro de 1991

São apenas sete jogos como titular em quatro anos na NFL, cinco deles no New England Patriots. Mas o ex-sucessor de Tom Brady impressiona. Ele ainda não tem uma derrota na liga, e empolga o torcedor do San Francisco 49ers com o bom rendimento apresentado no ano passado.

Com uma amostra pequena na liga, não dá para afirmar que o camisa 10 será realmente um astro da liga, mas a chance de trabalhar com o técnico Kyle Shanahan promete um bom futuro para o “galã”.


Deshaun Watson

Nascimento: 14 de setembro de 1995

Outro que tem apenas sete jogos na carreira, sendo seis como titular, mas que já arrebatou o coração de muita gente. Sua trajetória como calouro no Houston Texans foi intensa, com 1.699 jardas, 19 passes para TD, 8 interceptações, além de 269 jardas correndo e dois TDs terrestres.

É bem provável que Watson estivesse na briga pelo MVP da temporada, mas ele foi outra vítima do joelho, indo parar na sala de cirurgia como Wentz. Agora é ver se o procedimento irá afetar seu jogo.


Dak Prescott

Nascimento: 29 de julho de 1993

Dak era a terceira opção do Dallas Cowboys quando Tony Romo se machucou, na pré-temporada de 2016. O bom desempenho ao lado de Ezekiel Elliott, com 23 passes para TD e quatro interceptações, manteve Romo no banco e depois o mandou para as cabines de transmissão.

Os números de Dak, assim como dos Cowboys como um todo, caíram bastante de 2016 para 2017, o que torna a temporada de 2018 em algo ainda mais importante para sabermos o que esperar do QB. O problema é que alguns de seus principais alvos foram embora.


Marcus Mariota

Nascimento: 30 de outubro de 1993

Vencedor do Heisman Trophy em 2014, Mariota foi a segunda escolha de 2015, ficando atrás de Jameis Winston (que não está na lista porque começa a temporada suspenso). Em 2016 ele foi eleito o jogador de ataque de novembro na AFC, mas fraturou a fíbula em dezembro e viu o Tennessee Titans ficarem fora dos playoffs.

Recuperado, em 2017, mais uma vez viveu de altos e baixos, com 13 passes para TD e 15 interceptações. Mas agora os Titans estão sob novo comando e vamos poder ver se o quarterback sensação do college repete o desempenho na liga.


Derek Carr

Nascimento: 28 de março de 1991

Em sua quinta temporada, ainda não é possível prever o que Carr vai entregar. Em 2016 ele parecia ser a nova sensação da NFL, comandando o Oakland Raiders na campanha com 12 vitórias e três derrotas, levando o time de volta aos playoffs depois de 14 anos. Mas no Natal veio uma fratura na perna, e os Raiders tiveram que ir com o terceiro QB para os playoffs, perdendo para os Texans.

Em 2017 a temporada não empolgou como no ano anterior. Foram apenas seis vitórias e nove derrotas, 22 passes para TD, 13 interceptações, e nada de playoffs. E agora? Qual o verdadeiro Derek Carr?


Blake Bortles

Nascimento: 28 de abril de 1992

Ele ainda é motivo de piadas na internet, mas Blake Bortles ficou bem perto de jogar um Super Bowl. Foram três temporadas sendo saco de pancadas com o Jacksonville Jaguars, e sendo conhecido pelos fãs do fantasy como um monstro no “garbage time”, lançando TDs quando os jogos já eram definidos.

Até agora ele ainda não teve uma temporada com menos de uma dúzia de interceptações, mas teve boas atuações no ano passado, fazendo o suficiente para não estragar o trabalho excelente que a defesa fazia.


Mitchell Trubisky

Nascimento: 20 de agosto de 1994

Chegamos às duas maiores incógnitas. Afinal, Trubisky foi titular em 12 jogos do Chicago Bears em seu ano de calouro, mas John Fox deu lugar a Matt Nagy, e é certo que muita coisa vai mudar por lá.

Bom, os Bears apostaram alto nele, dando muita coisa para subir apenas uma posição no draft para recrutá-lo. Os sete TDs e as sete interceptações da última temporada estão longe de justificar isso, mas vamos aguardar.


Patrick Mahomes

Nascimento: 17 de setembro de 1995

Se Trubisky já é difícil de analisar, o que dizer de de Mahomes? Reserva de Alex Smith no ano passado, foi titular em apenas um jogo, mas também custou caro ao Kansas City Chiefs, que trocaram a 10ª escolha com os Bills para pegarem ele.

Os relatos nos treinamentos também são complicados de serem analisados: ora destacam grandes jogadas, ora relatam erros primários do quarterback. Este talvez não seja seu ano decisivo, mas já vai dar para ter uma noção maior do que veremos no futuro.


AJ McCarron

Nascimento: 13 de setembro de 1990

Surgiu uma dúvida ao colocar AJ McCarron nesta lista. Apesar do ex-Cincinnati Bengals ter nascido nos anos 90 e não ser um calouro, não dá para ter certeza de que ele será o titular do Buffalo Bills neste começo de temporada (e a dúvida é com o calouro Allen, não com Nathan Peterman).

Esta será sua quinta temporada na NFL e, depois de ficar perto de defender o Cleveland Browns, é a primeira chance real de ser titular de uma equipe depois de anos como reserva de Andy Dalton. Foram apenas três jogos como titular na carreira e por mais que possamos questionar Marvin Lewis, é difícil imaginar que ele seja a nova cara da liga.