<
>

Browns invictos, calouros, jogadas incríveis e brigas: o resumo da semana 1 da pré-temporada da NFL

A NFL está de volta e se você perdeu o que de melhor aconteceu na primeira semana da pré-temporada, nós vamos te atualizar.

Tem o Cleveland Browns que não sabe o que é perder antes de ser para valer desde 2016, o melhor dos calouros, as jogadas espetaculares, e também uma atenção especial para os treinamentos, com lances incríveis e também as tradicionais confusões.

SE A VIDA FOSSE UMA ETERNA PRÉ-TEMPORADA

Se nas últimas duas temporadas Cleveland soma uma incrível campanha de 1-31, quando o assunto é pré-temporada a coisa é bem diferente.

A última derrota dos Browns nos “amistosos” aconteceu no dia 1º de setembro de 1º de setembro de 2016, contra o Chicago Bears. A vitória sobre o New York Giants foi a 5ª seguida, já que no ano passado a pré-temporada foi 4 a 0 para os Browns.

Quando a coisa foi para valer, Cleveland viu seu time perder todos os 16 jogos que fez, igualando o recorde negativo do Detroit Lions de 2008, que foi 0-16 depois de também ter sido 4-0 na pré-temporada.

E é por isso que avisamos que não devemos considerar resultados de jogos da pré-temporada. Nesses jogos o objetivo é observar como os jogadores se comportam em campo, lembrando também que o adversário pode já estar com o quinto time reserva em campo.

A PRIMEIRA IMPRESSÃO

Se tem alguém que precisa mostrar serviço nesta época do ano são os calouros. E alguns empolgaram os torcedores.

Baker Mayfield não deve começar o ano como titular dos Browns, mas foi o melhor QB novato na primeira semana, terminando a vitória sobre os Giants com 11 de 20 passes completados, 212 jardas e dois touchdowns.

No mesmo jogo, Saquon Barkley também justificou a aposta dos Giants, que selecionou ele com a segunda escolha geral do último draft, com uma belíssima corrida de 39 jardas.

VETERANOS TAMBÉM MOSTRAM VALOR

Se Saquon Barkley se apresenta como um dos possíveis astros do jogo corrido, um velho conhecido também mostrou que tem “gasolina no tanque” ainda.

Marshawn Lynch fez essa jogada incrível, correndo 60 jardas para o TD pelo Oakland Raiders. Para o azar dele, contudo, a jogada foi revertida, por conta de uma falta do ataque. Mas está claro que “A Besta” ainda está no jogo.

DÁ UM GPS PARA O CARA, BROWN!

Dos jogos para o treino, e mostramos o triste caso do defensor que perdeu completamente o rumo de casa após encarar Antonio Brown.

Não é por pouca coisa que o camisa 84 do Pittsburgh Steelers é considerado um dos principais recebedores de toda a NFL, mas agora ele terá que enfrentar também a “Maldição do Madden”.

Se ele der umas duas gingadas dessa, não tem maldição que alcance.

É O CAAAAAAAOOOOOS!

Tão tradicionais quantos os treinamentos conjuntos na pré-temporada, são brigas nestas atividades.

A confusão acima aconteceu no treinamento entre New York Jets e Washington Redskins, que vão se enfrentar nesta quinta-feira, às 21 horas (de Brasília), com transmissão da ESPN e do WatchESPN. Se o clima já está assim no treino, imagine quando a bola voar.

Bom, mas nem precisa ter a presença de rivais para a confusão rolar. Nesta segunda-feira, Paulo Antunes, que está nos EUA para acompanhar os preparativos para a próxima temporada, relatou uma grande confusão no treino do Miami Dolphins. Que coisa!