<
>

NFL já tirou quase R$ 39 milhões dos jogadores com suspensões em 2018

A apelação de Julian Edelman, do New England Patriots, foi rejeitada, e sua pena de quatro jogos acabou mantida. Mas o wide receiver não será o único jogador a assistir os primeiros jogos da temporada do sofá de casa.

Os treinamentos para a temporada 2018 da NFL começam apenas no final deste mês, mas a liga já tirou quase US$ 10 milhões (R$ 38,95 milhões) do bolso dos jogadores com suas suspensões. A principal causa é justamente a que vai tirar Edelman de campo, o uso de substâncias proibidas para o aumento de desempenho.

Dos 23 punidos até o momento – incluindo alguns punidos no ano passado que ainda terão que cumprir suas penas –, 15 foram pegos no exame antidoping com algo que lhes poderia dar vantagem física sobre os adversários. Outros quatro também foram pegos no antidoping, mas com o uso de outros tipos de substâncias.

Os outros casos se referem às condutas pessoais. Nigel Bradham, do Philadelphia Eagles, foi preso em 2016 após agredir um funcionário de hotel; Roy Miller, ex- Kansas City Chiefs, é acusado de violência doméstica; e James Winston, do Tampa Bay Buccaneers, é acusado de assédio.

Confira quem está fora, por quanto tempo, e quanto dinheiro irá perder: