<
>

Carolina Panthers é vendido por quase R$ 8,5 bilhões, o maior negócio da história da NFL

Cam Newton, QB do Carolina Panthers Getty

O Carolina Panthers tem um novo dono.

Nesta quarta-feira, o bilionário David Tepper finalizou um negócio que vale cerca de R$ 8,47 bilhões para comprar a franquia e mantê-la em Carolina do Norte.

Detalhe: o valor, nova maior marca para uma venda de franquia na história da NFL, será pago em dinheiro por Tepper.

O novo dono também mantém 5% do Pittsburgh Steelers. Tepper, porém, terá de vender sua participação no rival para se tornar, oficialmente, proprietário dos Panthers.

"Estou empolgado por ter sido escolhido como o próximo dono do Carolina Panthers. Aprendi muito sobre a comunidade e o time nos últimos meses. Quero agradecer Jerry Richardson e os parceiros dos Panthers por tudo que fizeram para estabelecer e desenvolver a NFL nas Carolinas. Foi uma grande jornada de 25 anos, e prometo fazer ainda mais pelo sucesso dos Panthers", disse Tepper, mencionando Richardson, atual dono da franquia.

O próximo passo para que a compra seja finalizada é a aprovação dos outros donos da liga. Algo que deve acontecer em reunião em Atlanta, na próxima semana.

Tepper é dono de uma fortuna avaliada pela revista Forbes em 11 bilhões de dólares (R$ 40,5 bi). O curioso é que a maior oferta pela franquia foi feita por outro bilionário. De acordo com o New York Times, Ben Navarro ofereceu 2,6 bilhões de dólares (R$ 9,57 bi) pelos Panthers.

Agora, a compra do Buffalo Bills feita há apenas quatro anos é a segunda maior da história. Terry e Kim Pegula pagaram 1,4 bilhões (R$ 5,15 bi) pelo time.