<
>

Seattle Seahawks libera Sherman e inicia desmanche da 'Legion of Boom'

Richard Sherman ainda se recupera de cirurgia no tendão Otto Greule Jr/Getty Images

As reformulações no Seattle Seahawks segue acontecendo. Depois da saída de Michael Bennett, Richard Sherman foi informado que não fará parte da equipe na próxima temporada. A informação é do repórter Adam Schefter.

Desde a quarta-feira existiam rumores de que o cornerback, um dos maiores nomes da equipe, poderia ser envolvido em uma troca, e o jogador chegou a se despedir de alguns colegas. O camisa 25 ainda se recupera de uma cirurgia no tendão de aquiles.

Sherman, contudo, deu sinais de que pode não ser o fim de sua trajetória em Seattle. Para a repórter Josina Anderson, ele disse que os Seahawks informaram que iam liberá-lo para ter mais espaço no teto salarial durante a free agency, mas que esperavam que ele pudesse voltar.

É pouco provável, no entanto, que o defensor fique muito tempo no mercado, que abre na próxima quarta-feira. Assim que começaram a surgir as notícias sobre sua dispensa, diversas franquias já demonstraram interesse em contar com o jogador no próximo ano.

Com a saída de Sherman é praticamente decretado o fim da famosa “Legion of Boom”, como ficou conhecida a forte defesa que levou o Seattle Seahawks ao título do Super Bowl em 2013. Seus colegas "fundadores" da legião são Kam Chancellor e Cliff Avril, que lidam com graves problemas no pescoço, e podem nem mais voltar aos gramados.

Na última temporada, Richard Sherman jogou nove partidas e terminou a temporada com duas interceptações e um fumble recuperado, além de 25 tackles.