<
>

Ex-NFL, Manziel diz que é bipolar e sonha com retorno à liga

play
Manziel planeja volta à NFL e diz: 'Estava me automedicando com álcool' (0:41)

Johnny 'Football' jogou nos Browns entre 2014 e 2015 e acumulou polêmicas (0:41)

Em entrevista à “ABC News”, o ex-jogador da NFL Johnny Manziel afirmou que quer uma segunda chance na liga de futebol americano.

Manziel, que ganhou o troféu Heisman, dado ao melhor jogador do futebol americano universitário, em seu primeiro ano em Texas A&M, foi diagnosticado com desorientação bipolar também.

“Eu estou vendo os outros caras fazendo o que eu estou fazendo e eu estou sentado no sofá como um perdedor”, disse Manziel, que foi diagnosticado com bipolaridade há cerca de um ano.

“No fim do dia, eu não posso evitar que meus fios são um pouco mais complexos que os seus, não posso mudar a mentalidade que eu fui criado. Mas sei que se eu tomar esses remédios e continuar a fazer o que estou fazendo agora, acho que meu pai e minha mãe, minha namorada, concordariam que veriam uma mudança drástica”, completou.

Manziel ganhou o Heisman em 2012, e em 2014 foi draftado pelo Cleveland Browns. Em dois anos na liga, ele teve 8 jogos como titular, 7 passes para touchdown e 7 interceptações com 1675 jardas passadas.

Mas o ex-QB chamou mais atenção por suas atitudes fora dos campos, que incluíam muitas festas, postagens em redes sociais com drogas e bebidas e até uma acusação de violência doméstica.

Ele chegou a ficar perto de jogar na Canadian Football League, mas não chegou a um acordo.

“Eu não sei que tipo de retorno eu teria, mas eu sei que quero voltar ao campo de futebol para o que me trouxe tanta alegria na vida”, finalizou.