<
>

Zion Williamson é o suficiente para mudar os planos de Anthony Davis?

CHICAGO -- Durante vários meses, o New Orleans Pelicans teve apenas uma trilha para seguir: trocar Anthony Davis e torcer para que o retorno seja bom suficiente para uma reconstrução da franquia.

Tudo isso mudou na noite de ontem, quando os Pelicans venceram a 'loteria', e isso significa que vão ter a primeira escolha do draft deste ano. Com isso, os Pelicans agora têm aquilo que todo time na NBA sonha em ter quando o assunto é reconstrução: opções. Os Pelicans têm opções.

Novo presidente de operações relacionadas ao basquete, David Griffin já negou a ideia de que a troca de Anthony Davis é algo concreto.

"Nós temos uma longa e bem sucedida história com a Klutch Sports [empresa que cuida da carreira de AD]," Griffin disse no último mês. "Rich Paul e eu falamos sobre Anthony. Nós estamos empolgados com o que poderemos construir aqui."

A declaração foi acompanhada de dar os ombros... o que mais Griffin queria dizer?

Após a loteria de ontem, do nada, os comentários de Griffin se tornaram muito mais interessantes. Times pela NBA que querem contar com Davis têm, agora, um 'problema' de dois metros de altura e 120 kg para se preocupar.

Depois que os Pelicans perderam as chances de brigar por uma vaga nos playoffs, e trocaram jogadores valiosos antes da data limite de trocas, era difícil imaginar Anthony Davis ficando por lá. Mas a provável chegada de Zion Williamson pode dar a Griffin o argumento que ele precisa para tentar convencer Davis a ficar.


Enquanto isso, um triunvirato formado por Anthony Davis, Zion Williamson e Jrue Holiday seria um ótimo começo para um time que quer voltar a competir na Conferência Oeste. Um dos jogadores mais subestimados da liga, Holiday é um defensor de altíssimo nível e um jogador completo.

Se o plano de Griffin funcionar, não só os Pelicans vão dar um acordo 'super-max' para Anthony Davis, mas também criará efeitos negativos em outros times espalhados pela liga. Times como Boston Celtics, New York Knicks, Los Angeles Lakers e LA Clippers teriam que mudar seu foco na busca por um astro.

Por outro lado, se Davis não quiser ficar mesmo, não é de todo o mal para os Pelicans. Griffin pode oferecer AD e Holiday por uma legião de jovens jogadores e algumas escolhas futuras de draft. Adicione Zion a tudo isso e os Pelicans terão a reconstrução que tanto querem.

Aqui vai uma possibilidade: Anthony Davis é trocado para o Boston Celtics por, digamos, Jayson Tatum e Marcus Smart, enquanto Holiday vai para o Indiana Pacers por Myles Turner e mais algumas peças. Os Pelicans estariam lotados de talentosos jovens que têm a idade próxima a de Zion.

Nas próximas semanas, vamos descobrir como será o futuro dos Pelicans. Mas para uma franquia que, desde janeiro, parecia ter um futuro em branco, algumas bolas de pingue-pongue mudaram o rumo - não importa o que Anthony Davis decidir fazer.