<
>

Gregg Popovich e sua incrível influência na NBA: seis técnicos dos playoffs trabalharam com ele

play
Popovich causa e invade coletiva de técnico dos Nuggets após ser expulso com 63s de jogo (0:33)

Técnico dos Spurs deu mais uma demonstração de carisma (0:33)

Não é segredo que Gregg Popovich é um dos maiores técnicos da história da NBA. E mais uma vez o treinador do San Antonio Spurs está nos playoffs, dando trabalho.

A grandeza de Popovich pode ser medida também pela sua influência ao redor da liga. E a quantidade de técnicos que ainda estão vivos nos playoffs e que trabalharam com ele é só mais uma amostra de seu legado.

Nada menos do que seis treinadores desta pós-temporada trabalharam com Popovich dentro ou fora da quadra.

Mike Budenholzer

O atual técnico do Milwaukee Bucks esteve na comissão dos Spurs entre 1996 e 2013. Depois, ganhou um prêmio de melhor treinador da NBA em 2015 dirigindo o Atlanta Hawks.

Ele deixou Atlanta no fim da última temporada, e os Bucks o pegaram. Resultado: Milwaukee com a melhor campanha da NBA em 2018-19.


Steve Kerr

Três vezes campeão da NBA com o Golden State Warriors, Kerr foi armador de Popovich entre 1998 e 2001 e depois de 2002 a 2003, ganhando dois títulos como jogador pelos Spurs. Os ensinamentos na quadra certamente ajudaram na hora da prancheta.


Mike Brown

Entre 2000 e 2003, Mike Brown foi assistente de Popovich. Depois, ele ainda exerceu o cargo no Indiana Pacers antes de ser efetivado no Cleveland Cavaliers, onde viveu o primeiro grande momento da era LeBron James. Brown ganhou um prêmio de melhor técnico do ano e ainda passou pelo Los Angeles Lakers antes de voltar a ser assistente no Golden State Warriors, onde ajudou a conduzir o campeão nos últimos dois anos.


Brett Brown

Hoje comandante do Philadelphia 76ers, Brown foi diretor de desenvolvimento de jogadores dos Spurs de 2002 a 2013. Manu Ginóbili, Tony Parker e cia se tornaram gênios em suas mãos. Isso o candidatou a ser técnico dos Sixers em 2013.

Philadelphia deixou de ser uma das piores equipes da NBA, perdeu muito até achar os talentos de Ben Simmons e Joel Embiid e se tornar um time de ponta no Leste.


Quin Snyder

O treinador do Utah Jazz comandou o time da G-League dos Spurs entre 2007 e 2010 e foi auxiliar de Mike Brown, nos Lakers, e Mike Budenholzer, nos Hawks, antes de assumir a equipe de Salt Lake City. Com ele, o Jazz subiu de patamar, fez duas temporadas de 50 vitórias nos últimos três anos e voltou a ser figura importante nos playoffs.


Doc Rivers

Técnico da principal surpresa desses playoffs, Doc Rivers jogou nos Spurs em seus dois últimos anos de NBA - período em que Popovich era o principal dirigente da franquia. Rivers começou a trabalhar como treinador em 1999, no Orlando Magic. Depois, comandou o Boston Celtics por quase dez anos e venceu seu único título. Rivers comanda o LA Clippers desde 2013, e só ficou de fora dos playoffs uma vez.