<
>

NBA: Lillard ofusca triplo-duplo de Westbrook, Kanter doutrina, e Blazers batem Thunder em jogo 1 insano

Em Portland, os Blazers e o Oklahoma City Thunder protagonizaram um jogo 1 insano, que acabou com os mandantes comemorando a vitória por 104 a 99.

O primeiro quarto dos Blazers foi impecável, e eles venceram a parcial por 39 a 25. Pressionando muito Paul George, souberam usar muito bem suas armas ofensivas em Damian Lillard, C.J. McCollum e Enes Kanter.

Enes Kanter foi o ponto chave na vitória. O pivô chegou à equipe para ser o reserva de Jusuf Nurkic após o fim da janela de trocas, quando foi dispensado pelo New York Knicks. Entretanto, o pivô titular sofreu uma lesão assustadora no final da temporada regular e Kanter teve que se tornar titular. Ofensivamente, não se era esperado um prejuízo, mas na defesa o turco nunca teve boa reputação. Com 20 pontos e 18 rebotes, surpreendeu e ajudou a decidir a partida.

No segundo quarto, a vantagem chegou a 19 pontos, mas o Thunder correu atrás e conseguiu parar o ataque de Portland, limitando-os a 15 pontos na parcial, contra 25 marcados.

Paul George, que terminou a partida com 26 pontos, teve um primeiro tempo para se esquecer. Instável desde que voltou de lesão, errou 11 arremessos na primeira metade da partida e ainda levou quatro tocos.

O segundo tempo foi uma troca de cestas e erros, com a vantagem dos Blazers caindo e voltando, sempre entre cinco e 10 pontos. No fim, tudo se resumiu aos últimos minutos.

As últimas bolas ficaram nas mãos de Damian Lillard e Paul George. Russell Westbrook, mesmo com um triplo-duplo (24 pontos, 10 rebotes e 10 assistências - seu 9º na carreira em playoffs), não foi tão acionado na hora de decidir a partida.

Lillard acertou três arremessos de mais de nove metros de distância da cesta, a maior marca de tão longe nos últimos 20 anos, junto com Kevin Durant no jogo 3 das finais de 2018.

O último desses três veio com 2:23 restantes no relógio, respondendo imediatamente uma bola de três de George que havia cortado a vantagem para um ponto.

O placar ficou em 98 a 94 por quase um minuto após Russell Westbrook acertar dois lances livres - e aí Kanter, com uma bandeja a 11 segundos do fim, praticamente garantiu a vitória, abrindo seis pontos.

Mesmo com Paul George acertando um arremesso de três nos seguintes segundos, a vantagem já era muito grande e Damian Lillard garantiu a vitória na linha do lance livre.

Calendário da Série

Jogo 1 - Blazers 104 x 99 Thunder - 14 de abril, 16h30

Jogo 2 - Blazers x Thunder - 16 de abril, 23h30

Jogo 3 - Thunder x Blazers - 19 de abril, 22h30

Jogo 4 - Thunder x Blazers - 21 de abril, 22h30

Jogo 5 - Blazers x Thunder - 23 de abril (se necessário)

Jogo 6 - Thunder x Blazers - 25 de abril (se necessário)

Jogo 7 - Blazers x Thunder - 27 de abril (se necessário)