<
>

Ele gasta R$ 2 milhões/ano para ver todos os jogos dos Lakers, e está feliz da vida com o fracasso do time

play
NBA: Kobe Bryant, lenda dos Lakers, manda conselhos para LeBron James e Magic Johnson (0:48)

'Paciência, vai dar tudo certo', disse o pentacampeão da NBA em conversa com a ESPN (0:48)

Se você costuma acompanhar os jogos do Los Angeles Lakers na NBA, certamente já viu Jimmy Goldstein.

Ele é aquele famoso torcedor que, não importa a fase, está sempre sentado no mesmo lugar, próximo do banco de reservas do time visitante, vestindo jaqueta, calças e botas de couro, cachecol e um chapéu de pele de cobra cobrindo seus longos cabelos grisalhos.

Goldstein, de 79 anos, é um dos mais antigos donos de season tickets do Staples Center. Ele acompanha religiosamente os jogos dos Lakers desde 1962, quando o time se mudou de Minneapolis para Los Angeles, e também dos Clippers, desde a mudança de San Diego para LA, em 1984.

Ele calcula que vá a mais de 100 jogos por ano, gastando aproximadamente US$ 500 mil (quase R$ 2 milhões) por temporada com os ingressos para os lugares VIP na quadra.

Era de se imaginar, portanto, que o folclórico torcedor estivesse triste por causa da terrível campanha dos Lakers, que estão apenas na 11ª colocação da Conferência Oeste e virtualmente eliminados dos playoffs.

Muito pelo contrário!

Em entrevista ao jornal Los Angeles Times, Goldstein revelou que torce para os Clippers, e na verdade quem mais é que o time de LeBron James seja eliminado.

"Eu sou um grande fã dos Clippers, e na verdade sempre fui anti-Lakers", disparou.

"(Quando está nos jogos do Lakers) Eu sempre torço pelo time visitante. Sempre quando viajo por aí, as pessoas me reconhecem e falam: 'Vamos, Lakers!'. Depois, ficam surpresos quando digo a elas: 'Eu não torço para os Lakers'. Eles ficam chocados. 'Mas, então, por que você vai a todos os jogos?'. E eu digo: 'Eu vou para assistir ao basquete, mas não torço pelos Lakers'", contou.

Goldstein diz, inclusive, que seu ódio pelos Lakers foi aumentando temporada a temporada.

"Os Lakers sempre tiveram facilidade ao longo dos anos. Eles possuem uma enorme vantagem sobre os outros times. Sempre tiraram as estrelas das outras equipes, como Wilt Chamberlain, Kareem Abdul-Jabbar, Shaquille O’Neal e agora LeBron James. Eles possuem enorme vantagem sobre as franquias sediadas em cidades menores. Isso me motivou a torcer cada vez mais para os outros times", afirmou.

"Além disso, os fãs dos Lakers são tão imparciais a favor do seu time que me faz torcer cada vez mais contra eles", brincou.

Sobre a fase ruim da equipe amarela e roxa de Los Angeles, que já dura alguns anos, Goldstein faz troça.

"Os torcedores dos Lakers merecem isso".