<
>

Harden x Doncic: o mestre, o aprendiz e a revolução do stepback na NBA

James Harden e Luka Doncic.

Um é o atual MVP da NBA, está entre os favoritos para vencer o prêmio novamente e vive um momento assombroso com a camisa do Houston Rockets. O outro, um esloveno prestes a completar 20 anos que já deixa seu nome marcado com o Dallas Mavericks e deve levar o troféu de Calouro do Ano.

Mas o que eles, que se enfrentam nesta segunda-feira (11), em Dallas, têm em comum? O stepback.

Para quem não está acostumado com o termo, stepback é a palavra usada para aquele lance em que o jogador dá um passo a mais para trás antes de arremessar - no caso de Harden, os stepbacks quase sempre são confundidos com a tradicional 'andada' do basquete. Ou vice-versa.

Seja como for, infração ou não, a verdade é que Harden praticamente revoluciona a liga com sua habilidade para criar arremessos com este tipo de jogada. E se o 'Barba' é o mestre, Doncic é o aprendiz.

Com três meses de NBA, o esloveno já percebeu que pode - e consegue - usar o stepback para se livrar dos marcadores.

E os números deixam isso claro.

Harden é o líder da NBA em arremessos depois de stepbacks: 181. Doncic, mesmo que com cerca de um terço do total do 'Barba', é o segundo (66). O mesmo acontece quando analisados apenas os stepbacks antes de arremessos de três pontos: 165 a 50 para o camisa 13 dos Rockets, mas com o 77 dos Mavericks ainda em 2º no ranking geral da liga.

No dia 8 de dezembro, quando Rockets e Mavericks se enfrentaram pela última vez nesta temporada, Harden e Doncic deram aula.

O esloveno acertou os quatro stepbacks que terminaram em arremessos de três. Dois deles contra a marcação do pivô Clint Capela em uma sequência de 11 pontos de Doncic no 4º período. Harden converteu os três que tentou. Em todos, Doncic era seu defensor.

O mestre. O aprendiz. Neste 11 de fevereiro de 2019, a NBA terá a chance de ver mais um duelo de stepbacks.