<
>

NBA: Como a nova e bilionária casa do Golden State Warriors pode segurar Durant

O Golden State Warriors pode ter mudanças na temporada 2019-20. A principal delas será a nova casa da franquia, o Chase Center, que irá ser aberto oficialmente no início da próxima época.

Mas a dúvida que resta é saber se Kevin Durant irá estar vestindo o uniforme do time ou não.

Durant chegou a visitar as obras no começo do mês e disse: “Eu estou imaginando muitos pontos sendo marcados aqui. Os fãs vão amar”, sem se comprometer a dizer se esses pontos seriam anotados por ele no time ou como adversário.

A nova arena, que tem custo estimado acima de US$ 1 bilhão, será uma nova forma de gerar dinheiro aos atuais bicampeões da NBA. Na futura antiga casa, os Warriors já estão até oferecendo ingressos para os fãs simplesmente entrarem na Oracle Arena na hora do jogo e não verem a quadra.

Segundo a Forbes, os naming rights da Chase devem trazer cerca de US$ 300 milhões pelos próximos 20 anos. Fora outros acordos de patrocínio que devem render milhões anuais à franquia, já que existem mais de 20 camarotes na arena.

É difícil estimar o valor aproximado de quando os Warriors vão lucrar com a nova arena, mas para se ter ideia, os ganhos do Brooklyn Nets aumentaram de US$ 84 milhões para US$ 190 milhões com o Barclays Center mesmo sendo um time que sempre ocupa a parte de baixo da tabela.

Já os Warriors são nada menos do que um dos maiores times da história da NBA. E a manutenção do elenco pode ser crucial neste processo de capitalização da nova arena.

E a visita de Durant ao Chase Center ainda em construção pode ter sido a primeira tentativa dos Warriors em renovar com ele.

Como o ala vira agente livre ao fim da temporada, seu futuro é incerto. E ele, merecidamente, vai querer ser pago como um dos melhores jogadores da NBA. Talvez não haja espaço no teto salarial de Golden State para tal, sem abrir mão de outros atletas importantes.

A próxima intertemporada da NBA promete ser uma das aguardadas de todas.