<
>

NBA: Dwane Casey, ex-Raptors e candidato a melhor técnico do ano, fecha com o Detroit Pistons

Poucos meses após comandar o Toronto Raptors a 59 vitórias na última temporada regular, maior marca da história da franquia, Dwane Casey, que havia sido demitido por sua ex-equipe, fechou acordo para assumir o Detroit Pistons na próxima temporada, segundo o repórter da ESPN Adrian Wojnarowski.

O principal motivo de sua saída se deu pelo sentimento de impotência gerado após uma frustrante derrota por 4 a 0 nas semifinais da Conferência Leste, contra o Cleveland Cavaliers, de LeBron James.

Os Pistons 'foram agressivos' na busca por Casey a partir do momento em que seu contrato foi rescindido com o time canadense.

O treinador terá grandes desafios na sua nova casa. Um time em reformulação, pressionado por mais vitórias e visando retomar a relevância de outras épocas na liga.

Nas últimas nove temporadas, Detroit figurou nos playoffs em apenas uma delas. Desde 2008 não ganham sequer uma partida de mata-mata.

Casey, entretanto, também não tem bons números em partidas eliminatórias. Ele é o técnico com o quinto pior aproveitamento na história dos playoffs da NBA: são apenas 21 vitórias em 51 jogos decisivos.

Em sete temporadas em Toronto, Casey soma 320 vitórias e 238 derrotas com o time, que deixa com um ano ainda restando em seu contrato e US$ 6 milhões (R$ 21,58 milhões) por receber.