<
>

NBA tem temporada de lesões; veja todas que preocupam antes dos playoffs

Kyrie Irving durante jogo dos Celtics Getty

A atual temporada da NBA está marcada por várias lesões importantes. Veja a situação dos principais jogadores lesionados em cada um dos times que ainda brigam pelos playoffs e quando eles podem voltar às quadras.

Leste

Toronto Raptors: DeMar DeRozan

  • Tempo para retorno: Nenhum; ele ficou de fora da vitória sobre Orlando no dia 20 de março com uma contusão na coxa esquerda, mas já voltou a atuar.

  • Risco: Muito baixo

  • Situação: DeRozan está nesta lista por ser o último jogador do time a perder uma partida por conta de lesão. Toronto é o time mais saudábel da NBA a caminho da pós-temporada.

Boston Celtics: Kyrie Irving (Gordon Hayward, Marcus Smart, Daniel Theis)

  • Tempo para retorno: Irving perderá o restante da temporada e os playoffs depois de exames apontarem que ele precisará de nova cirurgia no joelho esquerdo. Hayward não deve voltar por lesão no tornozelo esquerdo 6 a 8 semanas para o dedo de Marcus Smart. Theis está fora da temporada depois de lesão no joelho esquerdo.

  • Risco: Muito alto

  • Situação: Os Celtics são os donos da 2ª posição do Leste, mas perder Irving deve ser algo extremamente relevante para o ataque do time na pós-temporada.

Cleveland Cavaliers: George Hill (e Kyle Korver)

  • Tempo para retorno: Hill torceu o tornozelo esquerdo no dia 30 de março e não tem data para voltar. Korver não joga desde 19 de março com dores no pé direito.

  • Risco: Médio

  • Situação: Os Cavaliers devem chegar saudáveis aos playoffs. Hill foi titular nos 22 jogos que participou pelos Cavs na temporada.

Philadelphia 76ers: Joel Embiid (e Dario Saric)

  • Tempo para retorno: Embiid passou por cirurgia no dia 31 de março para reparar uma fratura na região do olho direito e deve retornar em duas semanas. Saric sofre com inflamação no cotovelo direito e está perto de voltar.

  • Risco: alto

Indiana Pacers: Trevor Booker

  • Tempo para retorno: Booker torceu o tornozelo direito na terça-feira e ficou de fora da partida contra o Sacramento Kings.

  • Risco: baixo

  • Situação: Booker é o 2º pivô do banco de Indiana, reserva de Thaddeus Young e Myles Turner ao lado de Domantas Sabonis. Sempre que não pode jogar, o calouro T.J. Leaf ocupa sua vaga.

Washington Wizards: John Wall

  • Tempo para retorno: Wall voltou a jogar no dia 31 de janeiro depois de ficar mais de dois meses se recuperando de lesão no joelho esquerdo.

  • Risco: médio

  • Situação: A volta de Wall diminui o risco, mas ele continua sendo observado até o restante da temporada. Wall jogou 33 minutos em seu retorno.

Miami Heat: Dion Waiters

  • Tempo para retorno: Waiters passou por cirurgia no tornozelo em 23 de janeiro que o tirou da temporada

  • Risco: baixo

  • Situação: O Heat está acostumado a jogar sem Waiters, então chegarão a abril com força máxima. Tyler Johnson se firmou como ala-armador titular, enquanto Wayne Ellington e Dwyane Wade são seus reservas.

Milwaukee Bucks: Malcolm Brogdon (e Thon Maker, Matthew Dellavedova)

  • Tempo para retorno: 6 a 8 semanas para o tendão no quadríceps de Brogdon (desde 2 de fevereiro). Maker tem uma distensão na virilha e não joga desde 25 de março. Dellavedova torceu o tornozelo direito e está fora desde 4 de fevereiro - sem data para voltar.

  • Risco: médio

Detroit Pistons: Blake Griffin

  • Tempo para retorno: Uma semana (desde 30 de março) para a lesão no tornozelo direito de Griffin.

  • Risco: médio

  • Situação: As chances dos Pistons chegarem aos playoffs já eram pequenas. Anthony Tolliver foi o titular na partida em que Griffin ficou de fora.

Oeste

Houston Rockets: Chris Paul

  • Tempo para retorno: Paul jogou apenas uma vez desde que lesionou a coxa esquerda em 20 de março, contra os Trail Blazers.

  • Risco: baixo

  • Situação: Paul está sendo monitorado; sua lesão é simples. Os Rockets jogam por poucas coisas, já que têm a melhor campanha da NBA garantida.

Golden State Warriors: Stephen Curry

  • Tempo para retorno: Três semanas (desde 24 de março) para o estiramento de grau 2 no ligamento medial colateral do joelho de Curry.

  • Risco: alto

Portland Trail Blazers: Maurice Harkless (e Ed Davis)

  • Tempo para retorno: duas semanas (desde 4 de abril) para a cirurgia no joelho esquerdo de Harkless; uma a duas semanas para a lesão no tornozelo direito de Davis.

  • Risco: médio

  • Situação: Harkless havia marcado mais de 10 pontos em cinco dos seis jogos que fez antes da lesão. Evan Turner ganhou minutos e se tornou titular. A contusão de Davis aumenta o espaço para o calouro Zach Collins

San Antonio Spurs: Kawhi Leonard

  • Tempo para retorno: Leonard não joga desde 13 de janeiro, mas não tem data para voltar às quadras já que se recupera de lesão no quadríceps desde a temporada passada.

  • Risco: alto

Minnesota Timberwolves: Jimmy Butler

  • Tempo para retorno: Butler operou o menisco do joelho direito em 25 de fevereiro e não tem data para voltar.

  • Risco: alto

  • Situação: Os Timberwolves colocaram Nemanja Bjelica entre os titulares, e Minnesota venceu 8 dos 15 jogos que fez sem Butler. A lesão fez com que o time adotasse uma rotação de apenas oito jogadores, com Jamal Crawford ganhando ainda mais espaço.

Oklahoma City Thunder: Andre Roberson

  • Tempo para retorno: Roberson passou por cirurgia que encerrou sua temporada após romper a patela do joelho esquerdo em 28 de janeiro.

  • Risco: médio

  • Situação: O Thunder tem a 18ª melhor eficiência defensiva da NBA desde que Roberson se lesionou. O recém-contratado Corey Brewer se tornou titular. Exceto por Roberson, o Thunder está completamente saudável.

Utah Jazz: Ricky Rubio

  • Tempo para retorno: Rubio ficou de fora da vitória sobre Memphis com dores na coxa esquerda, mas não deve perder mais tempo.

  • Risco: baixo

New Orleans Pelicans: DeMarcus Cousins

  • Tempo para retorno: Cousins passou por cirurgia que encerrou sua temporada após romper o tendão de Aquiles na perda esquerda (em 31 de janeiro).

  • Risco: alto

LA Clippers: Danilo Gallinari (e Milos Teodosic, Avery Bradley, Patrick Beverley)

  • Tempo para retorno: Gallinari retornou de lesão na mão direita no dia 30 de março. Teodosic (pé), Bradley (cirugia no adutor) e Beverley (cirurgia no joelho) estão fora da temporada

  • Risco: medium

Denver Nuggets: Gary Harris

  • Tempo para retorno: Harris não joga desde que machucou o joelho direito, em 15 de março. O treinador Mike Malone disse que o ala-armador deve voltar na segunda semana de abril.

  • Risco: alta

  • Situação: Harris perdeu a sequência de sete jogos de Denver fora de casa, que terminou com vitória por 126 a 125 sobre o Thunder. Will Barton foi o titular no lugar de Harris.