<
>

UFC 237: Jéssica Bate-Estaca nocauteia Rose Namajunas e é campeã das palhas

play
UFC: Jéssica Bate-Estaca revela alívio com recuperação de Rose e brinca: 'Não matei ela' (0:59)

Norte-americana bateu a cabeça no octógono depois de uma tentativa de queda da brasileira e acabou nocauteada (0:59)

As mulheres brasileiras são mesmo as donas do UFC! Jéssica Bate-Estaca fez jus ao seu nome, nocauteou Rose Namajunas ao jogá-la no chão e conquistou o cinturão das pesos palhas. Assim, o Brasil é dono de três dos quatro cinturões femininos da organização.

Jéssica vinha tendo dificuldades na luta. Logo no começo, ficou com o olho machucado. Mas nunca parou de andar para frente. E surpreendeu com as quedas que aplicou. No primeiro round, já havia carregado Rose e arremessado a americana ao chão. No segundo, repetiu o golpe. Mas dessa vez, Namajunas caiu batendo a cabeça e acabou sendo nocauteada.

"Vim muito consciente no segundo round, ela estava mais lenta e eu poderia nocautear. Eu consegui dar um bate-estaca - eu nunca tinha conseguido um bate-estaca, finalmente saiu!", brincou.

São quatro categorias femininas no Ultimate. Jéssica ganhou o dos palhas, Amanda Nunes é dona dos cinturões das categorias pena e galo.

O único título que ainda não é verde-amarelo é o da categoria peso-moscavale, atualmente nas mãos de Valentina Shevchenko, lutadora do Quirguistão.

Veja todos os resultados do UFC 237:

CARD PRINCIPAL:

Jéssica Bate-Estaca (BRA) nocauteou Rose Namajunas (EUA) aos 2:58 do 2º round – pelo cinturão feminino dos palhas
Jared Cannonier (EUA) nocauteou Anderson Silva (BRA) (LESÃO) aos 4:47 do 1º round - médios
Alexander Volkanovski (AUS) venceu José Aldo (BRA) na decisão unânime dos jurados (30-27, 30-27 e 30-27) - penas
Laureano Staropoli (ARG) venceu Thiago Pitbull (BRA) na decisão unânime dos jurados (30-27, 30-27 e 29-28) – meio-médios
Irene Aldana (MEX) finalizou Bethe Correia (BRA) com uma chave de braço aos 3:24 do 3º round – galo feminino

CARD PRELIMINAR:

Ryan Spann (EUA) nocauteou Rogério Minotouro (BRA) aos 2:07 do 1º round – meio-pesado
Thiago Moisés (BRA) venceu Kurt Holobaugh (EUA) na decisão unânime dos jurados (30-26, 30-26 e 30-27) - leves
Warlley Alves (BRA) nocauteou Sérgio Moraes (BRA) aos 4:13 do 3º round – meio-médios
Clay Guida (EUA) venceu BJ Penn (EUA) na decisão unânime dos jurados (29-28, 29-28 e 29-27) - leves
Luana Dread (BRA) venceu Priscila Pedrita (BRA) na decisão unânime dos jurados (30-26, 30-26 e 29-27) – moscas feminino
Raoni Barcelos (BRA) nocauteou Carlos Huachin (PER) aos 4:49 do 2º round - galos
Viviane Araújo (BRA) nocauteou Talita Bernardo (BRA) a 0:48 do 3º round – galos feminino