<
>

Neymar atrás de vários, Messi melhor que Ronaldo, Brady GOAT e mais: José Aldo fala de tudo, menos UFC e MMA

play
EXCLUSIVO: José Aldo não titubeia e diz que trocaria carreira no MMA por carreira no futebol (1:13)

'Não precisaria treinar tanto e teria um nome muito maior', explicou o lutador (1:13)

José Aldo será uma das estrelas principais do UFC 237 do próximo sábado, no Rio de Janeiro, quando duelará com o australiano Alexander Volkanovski. E quase todo mundo já conhece o lado lutador do brasileiro – campeão da categoria dos penas por cinco anos. O ESPN.com.br resolveu, então, apresentar o outro lado de Aldo. De futebol a esports, passando por NBA e NFL, essa entrevista tem de tudo, menos MMA!

O UFC 237 terá acompanhamento IN LOCO durante toda a semana e será contado em TEMPO REAL no ESPN.com.br/mma.

ALDO CAMISA 10?

Se você pudesse escolher, você tem duas carreiras: uma delas termina com o Aldo campeão do UFC e outra com o Aldo camisa 10 do Flamengo e da seleção, campeão do mundo também. Qual caminho você seguiria?

Futebol, com certeza né? Por tudo, lógico. Eu não precisaria treinar tanto como é MMA, desgastante, desgasta bastante o corpo. Acho que o nome seria muito maior. Lógico, vestir a camisa do Flamengo, não importa qual número. A 10 é imortalizada pelo Zico, é o grande ídolo, se eu sou flamenguista é graças a ele.

NEYMAR MAIOR PÓS-PELÉ?

A Revista Placar causou polêmica dizendo que Neymar era o melhor brasileiro pós-Pelé. Quem você acha que é?

Acho que é muito novo falar que o Neymar já é maior que o Pelé. O Pelé é único, fez o que fez, é um rei dentro do futebol. Mas tem muitos atletas a frente do Neymar. Vou falar o Zico, pode não ter conquistando uma Copa do Mundo, mas fez histórias em países colocando o futebol como esporte número 1. Ronaldo Fenômeno para mim é um dos maiores jogadores. Romário vejo na frente dele ainda. Vejo muitos jogadores que ainda estão na frente do Neymar

CR7 ou Messi?

Você é Time Cristiano Ronaldo ou Time Lionel Messi?

Sou Messimaníaco. Acompanho o Messi, sempre me inspirei na minha carreira de ser como ele, de poder jogar lá dentro e depois fora ficar fora de polêmica, ficar com a família, não falar nada, chegar e mostrar o talento.

Você acha que Messi e Ronaldo já podem ser colocados no mesmo nível do Pelé?

Acho que os dois sentam na mesma mesa que Pelé, Garrincha, Romário, Ronaldo... Pode ter certeza! CR7 tem carreira brilhante, para mim é o maior jogador português que já teve. Tem o Eusébio, mas quando Ronaldo venceu a Euro, passou na história. Se o Messi vencesse essa Copa no Brasil, acho que ficaria maior que o Maradona.

Mas como é seu ranking hoje?

Vou falar que é o Pelé (em primeiro), não tem como. Não vi jogar, mas vi o filme, vi vídeos. Tenho uma paixão muito grande pelo Maradona, pela pessoa Maradona. É um louco, um doido, que parece que todo mundo se apaixona por isso. Coloco Pelé, Messi e Cristiano Ronaldo.

ALDO DIRETOR DO FLAMENGO

Se você fosse vice-presidente de futebol do Flamengo, quem você traria para o clube?

Traria um bom lateral-direito. Acho que tem no Brasil alguns. Gosto muito do Gilberto, que está no Fluminense. É um cara bem ofensivo, que joga para frente. Mas tem meu parceiro Rodinei também, que para mim seria meu titular. E traria um segundo-homem de meio-campo também. Ou recolher o Diego e colocar o Arrascaeta no time.

E quem você traria para o meio de campo?

Lógico que quero sempre trazer o melhor. Hoje em dia acho que o Renato Augusto seria um bom meio-campo. Se eu pudesse trazer ele, sei que é um flamenguista e ia representar muito bem a camisa.

Você é amigo do Willian, do David Luiz. Você já os convidou para jogar no Flamengo?

Sou muito próximo do Thiago Silva também, que é um tricolor doente. Sempre falo que se eles virem para o Brasil, principalmente o David Luiz que sou muito fã, de vestirem as cores do Flamengo. Sempre falo isso com eles. Qualquer jogador que eu conheça, o primeiro pedido que faço é de vir jogar no Flamengo.

E alguém já disse que quer?

Aí não falo porque eles estão atuando hoje em dia. Mas sempre peço para eles virem. Ramires era um que me inspirava muito, que adoro. Queria hoje com a camisa do Flamengo.

Qual título você acha que vem esse ano?

Lógico que torcedor sempre vai querer ganhar tudo, mas não é assim. Mas esse ano acho que a gente belisca sim, ou o Brasileiro ou a Libertadores. O clube está participando todo ano, todo ano. Você vai amadurecendo, vai vendo, vai classificando, criando casca, até ganhar o título. O Flamengo já vem nessa pegada e pode ter certeza que a gente vai ganhar sim.

NFL e Brady GOAT

Como começou sua paixão pelos esportes americanos?

Começou na minha chegada aos EUA, na época eu lutava no evento WEC. Pude acompanhar primeiro a NFL, de poder entender a regra, de poder ver os jogos. Quando eu viajava nas lutas, já pensava que tinha que estar dentro da temporada da NFL. Eu torço para o New England Patriots, time do Tom Brady, até pela aproximação com a Gisele, isso já ajudou bastante. E a NBA pelo basquete também, pela forma que o americano faz o show, faz o evento. Para mim o esporte número 1 que tenho na minha cabeça que eu sigo é NFL. Hoje em dia eu entendo a regra, acompanho tudo e tive oportunidade de ir assistir jogos, de fazer treinamentos, então é uma paixão muito grande que tenho e sou um fã dos Patriots.

Já conheceu Tom Brady pessoalmente?

Ainda não tive essa oportunidade de conhecer o Brady. Para mim é o maior de todos os tempos. Tem o Dan Marino, do Miami, mas para mim o Brady dentro dos Patriots é um caso à parte. Não vi dentro da história, pode até me faltar memória, mas para mim o Brady é o maior de todos os tempos.

Quem é o maior da história da NFL?

Sem clubismo, o cara (Tom Brady) chegou novo, fez uma carreira bem consolidada, forte. A família Manning tem uma história dentro do esporte. Peyton até venceu um Super Bowl também, mas para mim o Brady é o maior que eu vi. Já pesquisei sobre outros, o Marino também foi bem dominante na época dele, mas eu fico com o Brady.

Os Lakers do papai LeBrão

Você também tem um time na NBA?

Tenho sim, é o Lakers. Quando cheguei nos EUA, pude ficar uma temporada em Los Angeles, fui nos jogos. Surgiu o LeBron também. Sou Lakers, mas torço muito pelo LeBron, sou muito fã dele. Qualquer time que ele vá, sempre vou torcer por ele. Que possa ser ainda mais forte na carreira, que possa conquistar os anéis para gravar mais o nome na história da NBA.

Quem é maior: LeBron, Michael Jordan, Kobe Bryant...?

Sou muito fã do Black Mamba, é um cara fantástico, uma história fantástica. Como pessoa também. Mas não tem como ser maior que o Michael Jordan. Ele revolucionou o mundo do basquete. Kareem Abdul-Jabbar também foi excelente, entre outros. Mas para mim, o Jordan foi um cara fantástico, brilhante, então ficou com o Jordan.

Aldo e os games

Na sua última você comemorou com a dancinha do Fortnite. Como é essa sua relação com os games?

Eu sempre assisto eSports também. Eu tenho uma paixão muito grande desde criança, eu jogo muito Fifa. Eu sou um Fifeiro de carteirinha mesmo, viciado. Não sou um pro-player, mas eu consigo até ter um jogo bom. Toda semana estou jogando, passo muita raiva, mas é uma paixão que eu tenho. Não jogo nem tanto Fortnite, jogo muito mais Fifa. Todo mundos sempre pergunta. Fiz muito mais pelo Griezmann de comemorar daquele jeito do que pelo próprio Fortnite. Sou um Fifeiro.

Fifa ou PES?

Team Fifa sempre. É até engraçado. Sempre joguei PES, mas depois que comecei no Fifa, não solto, não largo mais. Sou FIfeiro mesmo. Compro, vendo jogador, invisto dinheiro dentro. Vejo jogos, acompanho os pro-players, fico estudando para tentar aprender. Sou Fifeiro de plantão mesmo.

E na hora de escolher, qual time você pega?

Sou doente, comecei com os Blues do Chelsea, tenho uniforme do Chelsea, jogo no Stamford Bridge, procuro sempre colocar jogadores do Chelsea também. Tenho uma aproximação muito grande. Para mim o Paulo Andrade é o melhor narrado por isso também, pelas narrações da Premier League. Sou doente pelo Chelsea, então meu time é todo azul pelo Chelsea, os jogadores também.

E o Fortinite?

Jogo quase nunca. Jogo todo dia (Fifa). Ou estou treinando luta na academia ou estou treinando Fifa. Fazendo os treinamentos, tentando cada dia ficar melhor. É uma paixão que eu tenho. Não para virar pro-player, mas de poder jogar e ganhar umas partidas.