<
>

Após vencer McGregor, Nurmagomedov também pede luta contra Mayweather

O campeão dos leves do UFC, Khabib Nurmagomedov, seguiu o exemplo do recém-derrotado Conor McGregor, desafiando a lenda do boxe Floyd Mayweather Jr. para uma luta.

Leonard Ellerbe, CEO da Mayweather Promotions, postou um vídeo em seu Instagram no domingo ao lado de Nurmagomedov, que sugeriu que os dois lutadores invictos testassem seus recordes:

“Vamos Floyd. Temos que lutar agora: 50 a 0 contra 27 a 0. Somos dois caras que nunca perdemos. Por que não? Porque na selva há apenas um rei. Claro, eu sou o rei porque ele não pôde derrubar McGregor, mas o derrubei facilmente. Vamos lá."

Nurmagomedov vem de uma vitória esmagadora por finalização no quarto assalto em McGregor ao aplicar um estrangulamento pelas costas.

Após a luta, Nurmagomedov pulou a cerca e lutou fora do octógono com membros da equipe de McGregor, que ao mesmo tempo trocaram golpes dentro da jaula com outros russos.

A comissão atlética de Nevada suspendeu temporariamente ambos os lutadores enquanto uma audiência é realizada para determinar qual será a punição. A bolsa de Nurmagomedov foi mantida após o incidente.

"McGregor lutou, eu não conheço o cara que ele estava lutando, mas eu sei que o cara que ele enfrentou estava invicto", disse Mayweather sobre a luta de acordo com a ITB. "McGregor é um concorrente, mas pelo que eu ouvi, o cara, depois da luta, o rival de McGregor pulou na jaula e lutou com as pessoas na platéia.

O presidente do UFC, Dana White, deixou claro que uma suspensão de longo prazo significaria que Nurmagomedov seria despojado do cinturão. Ele também relatou que os lutadores que saltaram para o octógono para enfrentar McGregor não voltariam a lutar pela entidade.

Nurmagomedov e Maywheater compartilham um passado comum, com vitórias esmagadoras sobre McGregor em suas últimas lutas e com números recordes em suas modalidades.