<
>

Nurmagomedov ameaça deixar UFC se companheiro for demitido após confusão com McGregor

O clima entre Khabib Nurmagomedov e o UFC continua dando o que falar, após a confusão generalizada protagonizada pelo russo e sua equipe no UFC 229, no último sábado (06), em Las Vegas, quando ele finalizou Conor McGregor.

Através de suas redes sociais, o campeão dos leves fez um longo desabafo contra o Ultimate. O lutador aproveitou para reclamar caso seu parceiro de treino Zubaira Tukhugov, que atacou McGregor pós-luta, seja demitido. De acordo com Khabib, se Tukhugov tiver seu contrato rescindido, ele também vai romper seu contrato com o UFC. Veja o post do lutador:

View this post on Instagram

I would like to address @ufc Why didn't you fire anyone when their team attacked the bus and injured a couple of people? They could have killed someone there, why no one says anything about insulting my homeland, religion, nation, family? Why do you have to punish my team, when both teams fought. If you say that I started it, then I do not agree, I finished what he had started. In any case, punish me, @zubairatukhugov has nothing to do with that. If you think that I'll keep silent then you are mistaken. You canceled Zubaira's fight and you want to dismiss him just because he hit Conor. But don't forget that it was Conor who had hit my another Brother FIRST, just check the video. if you decide to fire him, you should know that you'll lose me too. We never give up on our brothers in Russia and I will go to the end for my Brother. If you still decide to fire him, don't forget to send me my broken contract, otherwise I'll break it myself. And one more thing, you can keep my money that you are withholding. You are pretty busy with that, I hope it won't get stuck in your throat. We have defended our honor and this is the most important thing. We intend to go to the end. #Brothers

A post shared by Khabib Nurmagomedov (@khabib_nurmagomedov) on

"Eu gostaria de falar com o UFC. Por que você não demitiu ninguém quando a equipe atacou o ônibus e feriu algumas pessoas? Eles poderiam ter matado alguém lá, por que ninguém diz alguma coisa sobre insultar minha pátria, religião, nação, família? Por que você tem que punir minha equipe, quando ambas as equipes lutaram. Se você diz que eu comecei, então eu não concordo, eu terminei o que ele tinha começado. Em qualquer caso, me castigue, Tukhugov não tem nada a ver com isso. Se você acha que eu vou ficar em silêncio, então você está enganado. Você cancelou a luta de Zubaira e você quer demiti-lo só porque ele bateu em Conor. Mas não se esqueça que foi Conor quem bateu no meu outro irmão primeiro, apenas cheque o vídeo. Se você decidir demiti-lo, você deve saber que vai me perder também. Nós nunca desistimos de nossos irmãos na Rússia e eu vou até o final por ele. Se você ainda decidir demiti-lo, não esqueça de me enviar meu contrato quebrado, senão eu vou quebrar sozinho", finalizou o lutador.

Ainda não tem informações se ele será demitido, mas Dana White, presidente do Ultimate, garantiu que todos os russos envolvidos na confusão, com exceção de Nurmagomedov, nunca mais lutariam no UFC. Zubaira Tukhugov, integrante da equipe de Khabib, tinha luta marcada para o dia 27 de outubro, contra Artem Lobov.