<
>

Treinador de McGregor agredido por Khabib nega ter insultado religião do russo: 'Nunca faria isso'

play
UFC 229 termina com vitória de Nurmagomedov e confusão dentro e fora do octógono; veja em fotos (0:22)

Khabib Nurmagomedov finalizou Conor McGregor (0:22)

O grande pivô da briga generalizada do UFC 229 se pronunciou pela primeira vez e com exclusividade para a ESPN. Dillon Danis, treinador de Conor McGregor, foi o alvo de Khabib Nurmagomedov. O lutador russo o acusou de provocá-lo, ironizando sua religião. Mas Danis tem uma versão diferente.

“Os fãs de Khabib estão tentando acabar comigo em um esforço para justificar as ações dele. Eu nunca denegri e nunca vou denegrir a religião de alguém. Estou ansioso pelos resultados da investigação da Comissão de Nevada, que vai rejeitar essas porcarias de acusações e colocar a culpa em quem pertence”, disse Dillon Danis em comunicado exclusivo a Ariel Helwani, repórter da ESPN.

Danis foi o alvo da voadora de Nurmagomedov logo após a luta. De dentro do octógono, o russo apontou para ele e começou a discutir. Depois, pulou as grades e tentou a agressão. A briga ficou generalizada, com McGregor também agredindo e sendo agredido dentro do octógono.

Segundo Dana White, três pessoas chegaram a ser detidas pela polícia de Las Vegas, mas acabaram liberadas porque McGregor não quis prestar queixas.

A Comissão de Nevada prometeu uma suspensão temporária nos próximos dias para os envolvidos e disse que deve julgar o caso até o final de novembro.