<
>

Aldo nocauteia Stephens, volta a vencer no UFC, se emociona e chora

José Aldo sai para comemorar a vitória na luta contra Jeremy Stephens, em Calgary Getty Images

Após dois anos sem vitória no UFC, José Aldo voltou a brilhar no Ultimate. Neste sábado, no UFC Calgary, no Canadá, o brasileiro foi impiedoso e não deu nenhuma chance para o norte-americano Jeremy Stephens. Aldo derrotou o adversário por nocaute técnico, aos 4m19s do primeiro round. Depois do triunfo, o ex-campeão dos pesos-pena não conteve a emoção e chorou.

“Foi aqui que comecei a minha carreira, estou voltando aqui para recomeçar minha carreira de novo. Estou tentando recomeçar. Eu estava lutando em cima de uma coisa que eu não podia errar. Eu vim no fio da navalha, sabendo que não poderia errar ou poderia perder a luta. Mas acertei ali e consegui acabar”, disse.

“Acho que agora estou de volta, o campeão voltou. Mantendo o caminho aí, a gente chega. O Max Holloway está passando por problemas, ele é um grande campeão, espero que possa voltar, e que eu possa enfrentá-lo de novo ou quem for o campeão”, celebrou Aldo ao fim da luta. Antes, chegou a dançar no octógono, e foi até a primeira fila dar um beijo na sua esposa.

José Aldo não vencia por nocaute técnico no UFC desde 2013, quando superou o coreano Chan Sung Jung, no Rio de Janeiro. Adversário desta noite, o norte-americano Jeremy Stephens tinha vencido os seus últimos três compromissos. Mas não foi páreo para José Aldo.

A luta até começou equilibrada, tensa, com os rivais se estudando. José Aldo acertou um chute alto, que foi rapidamente devolvido. Jeremy Stephens ainda deu uma joelhada no brasileiro. O golpe seguinte de Aldo foi um chute baixo, que desestabilizou o rival.

Mas mesmo levando um chute na coxa e um gancho, Stephens mostrava-se perigoso. O norte-americano encaixou uma boa sequência no queixo de José Aldo, que passou por apuros.

Mas o brasileiro soube reagir bem. Aliás, muito bem. Aldo desferiu um potente soco na linha de cintura de Stephens, que colocou a mão na região abdominal e caiu. Neste momento, José Aldo se aproveitou, avançou e distribuiu vários socos no adversário, conseguindo o nocaute.

O campeão está de volta!