<
>

Shogun é massacrado por Anthony Smith no UFC Hamburgo; outros brasileiros também perdem

O domingo não foi um bom dia para o Brasil no UFC Hamburgo. Isso porque Vitor Miranda e Glover Teixeira foram derrotados e Maurício Shogun foi atropelado por Anthony Smith entre os meio-pesados na luta principal do evento, sendo nocauteado ainda no primeiro round.

O brasileiro, que não perdia uma luta no UFC, maior evento de MMA do mundo, desde 2014, permaneceu apenas 1 minuto e 29 segundos no octógono, tempo necessário para o norte-americano conseguir a finalização e chegar à sua segunda vitória consecutiva contra ex-campeões do evento, já que já havia superado Rashad Evans algum tempo atrás.

Logo após a luta, Smith foi até o microfone e desafiou Alexander Gustafsson no UFC 227, que acontece no dia 4 de agosto em Los Angeles: "Eu acho que Gustafsson precisa de um oponente. E eu o verei em Los Angeles".

Já Glover Teixeira, que disputa a mesma categoria, não foi páreo para o americano Corey Anderson, que venceu a luta em decisão unânime dos juízes. É a sétima derrota na carreira do brasileiro, que tem 34 lutas na carreira.

E Vitor Miranda, que disputa a categoria peso-médio, foi dominado pelo marroquino Abu Azaitar, estreante no UFC e também perdeu por decisão unânime dos juízes. É a terceira derrota consecutiva de Vitor e a sétima na carreira.

Nas outras lutas do card principal, Marcin Tybura venceu Stefan Struve, Danny Roberts superou David Zawada e Nasrat Haqparast levou a melhor para cima de Marc Diakiese.