<
>

Espanhol diz que 'inventou' o VAR há quase 20 anos e cobra R$ 67 milhões da Fifa

play
Amoroso brinca: 'Cavei muita falta na Itália quando não tinha VAR; Cannavaro ficava louco' (0:32)

'Quantos eu já não expulsei'; se divertiu o ex-atacante que atuou na Udinese (0:32)

O VAR é a grande novidade da Copa do Mundo 2018. Para um espanhol, porém, não é tão novo assim. Segundo o jornal Marca, Francisco López afirma ter criado o sistema de arbitragem em vídeo em 1999 e por isso irá à Justiça contra a Fifa.

“Vou exigir 15 milhões de euros (R$ 67 milhões), cinco anos a três milhões por ano. Tenho todas as provas”, afirmou o espanhol, que teria apresentado a ideia no Ministério de Educação e Cultura com o seguinte título: O futebol no século XXI (Tecnologia de futuro para as equipes de arbitragem).

“Não queria nada, nem um euro, mas o egoísmo com que age a Fifa. Com uma só chamada para mim eles teriam resolvido tudo, mas o ego é maior”, declarou López.

O VAR vem causando diversas polêmicas nesta Copa do Mundo, e Francisco López, por mais que esteja indignado com a Fifa, celebrou o uso da arbitragem de vídeo.