<
>

Copa do Mundo: 3º mais velho a marcar e rebaixado com o Grêmio; conheça o dono do 1º gol do Panamá

37 anos. Rebaixamento com o Grêmio e passagem pelo Atlético-PR. Felipe Baloy é o nome do primeiro gol da história do Panamá em uma Copa do Mundo.

O zagueiro pouco conseguiu fazer para evitar a goleada da Inglaterra contra sua seleção, por 6 a 1. Mas ele fez o bastante para escrever seu nome na história.

Baloy, além de ter marcado o primeiro gol panamenho em Copas, se tornou no 3º jogador mais velho da história a balançar as redes em um Mundial. Com 37 anos e 120 dias, ele está atrás apenas do camaronês Roger Milla (38 anos e 25 dias) e do sueco Gunnar Gren (37 anos e 236 dias).

A carreira do zagueiro, porém, vai além do que ele fez neste domingo.

Baloy defendeu o Grêmio entre 2003 e 2004, e fez parte de um dos times que marcaram a história gremista negativamente. Ele jogava na equipe rebaixada no Campeonato Brasileiro, há 14 anos.

Depois da queda, o contrato do jogador foi rescindido, e ele acabou no Atlético-PR. Foi titular no começo da campanha da Libertadores, mas acabou no banco de reservas e deixou o clube após a derrota para o São Paulo, na final do torneio.

Em 2011, Baloy participou de outra partida marcante no futebol. Defendendo o Santos Laguna, do México, o zagueiro estava em campo contra o Monarcas quando tiros foram ouvidos nas proximidades do estádio Território Santos Modelo. Na época, jogadores e torcedores se desesperaram e fugiram para vestiários, buscando proteção.

A casa do Santos Laguna fica no município de Torreón, região conhecida por ser alvo da violência de narcotraficantes. Ninguém ficou ferido no caso.

Baloy é profissional desde 1999. Já defendeu 14 times na carreira e, agora, pode comemorar um gol realmente histórico para seu país.