<
>

Arsenal não deve ter Mkhitaryan em final da Liga Europa por problemas políticos, mas descarta WO

De acordo com o jornal The Guardian, o Arsenal está "furioso" e "decepcionado" com a Uefa (União das Federações Europeias de Futebol) e está "pessimista" quanto às chances do meia Henrikh Mkhitaryan jogar a final da Liga Europa, no próximo dia 29, contra o Chelsea, em Baku.

Na semana passada, os Gunners exigiram garantias de segurança à Uefa, já que o atleta é da Armênia, país que possui disputa territorial com o Azerbaijão pela região de Nagorno-Karabakh, ao longo das montanhas do Pequeno Cáucaso.

Não existem relações diplomáticas entre Armênia e Azerbaijão, e há nos bastidores da equipe de Londres inclusive o medo de que o camisa 7 não receba um visto que o autorize a entrar no país que receberá a decisão da Liga Europa.

Até agora, porém, a Uefa não deu qualquer tipo de garantir, e o Arsenal já vê Mkhitaryan como "carta fora do baralho".

"O Arsenal se prepara para ter que deixar o armênio Mkhitaryan de fora da decisão da Liga Europa, em Baku. Há um significativo sentimento de fúria no clube pelo fato de um de seus principais jogadores ser forçado a perder a partida mais importante da temporada por questões extra-campo", escreveu o Guardian.

A decisão dos Gunners sobre o tema deve ser oficialmente comunicada no início da semana que vem.

"Tanto o jogador quando o clube estão profundamente desapontados", revela o diário.

Ainda segundo o Guardian, porém, não há qualquer chance do Arsenal realizar um protesto extremo, como dar WO na partida.

"A saída da competição em protesto não é considerada uma opção realista nos bastidores, já que a final coloca muita coisa sobre a mesa: um troféu internacional, a classificação à Champions e cerca de 60 milhões de libras em dinheiro para transferências", salientou.

Apesar de Mkhitaryan atualmente ser reserva, ele é uma espécie de 12º jogador do técnico Unai Emery. Na atual Liga Europa, ele atuou em 11 dos 14 duelos, e é o atleta do time londrino com maior número de minutos na competição.