<
>

Vender Neymar por R$ 1,5 bilhão ao Real e comprar Griezmann, Isco, Kroos e Bale: o plano do PSG

play
Daniel Alves diz ser sempre honesto com Neymar: 'Sou um amigo que não é bem-vindo na maioria das vezes' (1:42)

O lateral se considera 'parte da história' de Neymar e admite tentar sempre ajudá-lo da maneira que pode (1:42)

O jornal As revelou nesta quinta-feira os audaciosos planos do Paris Saint-Germain para a próxima janela de transferências.

Em reportagem assinada por Tomás Roncero, editor-chefe do diário e que possui ótimas fontes dentro do Real Madrid, o As mostra que a venda de Neymar pelos franceses aos merengues está novamente forte na pauta, e pode dar início a uma reação em cadeia.

A ideia do PSG começa em negociar o atacante Neymar com o Real por no mínimo 330 milhões de euros, ou quase R$ 1,5 bilhão.

Se essa transação for fechada, o clube de Paris de cara irá usar 210 milhões de euros (R$ 943 milhões) para comprar três jogadores do próprio Madrid: os meio-campistas Toni Kroos e Isco e o atacante Gareth Bale.

A venda do trio seria facilitada pelo fato dos blancos estarem planejando uma "revolução" na próxima janela de transferências, com o técnico Zinedine Zidane desejando fazer transformações significativas no plantel.

O "golpe de mestre", porém, ainda viria a seguir.

Com os 120 milhões de euros (R$ 538,85 milhões) restante da venda de Neymar, o PSG pretende pagar a cláusula de rescisão do atacante Antoine Griezmann, do Atlético de Madrid.

E sabendo que o Barcelona também quer o "Diabo Loiro", a equipe francesa pretende usar Kylian Mbappé como "trunfo", já que confia que Griezmann gostará de jogar ao lado de seu colega de ataque na seleção nacional.

Se tudo der certo, o Paris Saint-Germain sairá "zerado" na operação, já que arrecadará e gastará exatamente a mesma quantia: 330 milhões de euros.

Por isso, vender Neymar por este montante ao Real Madrid é visto como essencial pela diretoria parisiense, já que, caso contrário, a lupa do fair play financeiro da Uefa certamente voltaria a analisar o clube.

A parte difícil, agora, é convencer Zidane a aceitar a chegada do brasileiro.

De acordo com o As, a contratação de Neymar é um desejo forte do presidente Florentino Pérez, mas o treinador não tem tanta certeza se a chegada do atacante seria benéfica - seus desejos expressos são Hazard, Pogba, Jovic, Eriksen e Ndombele, além dos já contratados Militão e Rodrygo.