<
>

Juninho Pernambucano volta ao Lyon como cartola, mas ex-técnico e parte da torcida desconfiam

Na semana passada, o jornal L'Équipe revelou que o Lyon está próximo de contratar o ex-meio-campista Juninho Pernambucano, um dos maiores ídolos da história da equipe, como manager ou diretor esportivo do clube.

Diferentemente do esperado, porém, a notícia não deixou todos felizes na cidade francesa...

O técnico Paul Le Guen, que foi tricampeão francês com Juninho no elenco em 2002/03, 2003/04 e 2004/05, por exemplo, criticou a escolha feita pelo Lyon, argumentando que o time deveria ter procurado alguém com mais experiência.

"Para ser um bom dirigente, não é suficiente apenas conhecer ou ter jogado futebol", disparou, ao L'Équipe.

E a torcida, aparentemente, também não ficou 100% contente com a decisão da diretoria.

Em enquete organizada pela revista France Football, 34% dos internautas disseram que o apontamento de Juninho como cartola não é uma boa para o Lyon.

Segundo o L'Équipe, porém, os líderes do clube acreditam que o brasileiro é o nome mais indicado e já teriam começado as negociações com o empresário José Fuentes.

Além disso, Jorge Mendes, sócio da Gestifute, empresa que cuida de Cristiano Ronaldo, também estaria envolvido na operação.

O jornal ainda diz que Sabri Lamouchi, do Rennes, é o favorito a ser o novo treinador. Nascido em Lyon, o francês descendente de tunisianos foi campeão da Copa da França em cima do favorito Paris Saint-Germain.