<
>

Copa do Brasil: Atlético-MG e Santos abrem oitavas de final com empate sem gols no Independência

Atlético-MG e Santos começaram a disputar uma vaga nas quartas de final da Copa do Brasil nesta quarta-feira, no Independência. Mas nenhuma das duas equipes conseguiu abrir vantagem. Empate pelo placar de 0 a 0, em jogo sem tantas emoções, e a decisão do classificado para a próxima fase fica para o jogo de volta no Pacaembu.

RICARDO OLIVEIRA, MAIS UM REENCONTRO

E foi mais um reencontro de Ricardo Oliveira contra o seu ex-clube, o Santos. Ano passado, pelo Campeonato Brasileiro, tanto no jogo do Independência como na Vila Belmiro, o artilheiro deixou sua marca em duas oportunidades. Tanto que o Santos, no começo dessa temporada, quis trazer o camisa 9 de volta para a Vila Belmiro muito por conta do desejo do técnico Jorge Sampaoli. O negócio não andou, e o time santista ainda segue na busca por um goleador.

SAMPAOLI DO ALTO

O Santos teve um desfalque no banco de reservas: o técnico Jorge Sampaoli, suspenso por ter sido expulso no confronto da fase anterior contra o Vasco. O argentino teve que assistir ao jogo das tribunas do Independência. Quem ficou no banco santista foi o seu auxiliar Jorge Desio, braço direito do treinador.

SANTOS NO CONTROLE

Mesmo jogando fora de casa e com alterações na equipe titular, o Santos manteve seu estilo, ficava com a bola e controlava a partida. Até os trinta minutos, o Atlético não conseguiu desenvolver nenhuma trama ofensiva e irritava um pouco a torcida.

Gustavo Henrique, em cabeçada livre na pequena área, Victor Ferraz em chute pelo alto após saída errada de Réver e Jean Mota no fim do primeiro em chute forte e quase sem ângulo ficaram perto de abrir o placar o Santos. O Atlético conseguiu levar perigo nos chutes de fora com Elias em duas oportunidades e Chará.

ATLÉTICO-MG MAIS PERIGOSO

Na segunda etapa, o Atlético voltou diferente e disposto a mudar o cenário da primeira etapa. Luan, que acabou saindo de campo após problema no tornozelo, teve uma chance logo no primeiro minuto.

E tivemos a volta de Cazares ao time atleticano. Parado desde a primeira partida da final do Mineiro, o equatoriano chutou de fora da área e obrigou boa defesa de Éverson. Ricardo Oliveira, na sequência, também levou perigo de cabeça.

AGENDA

Copa do Brasil

Santos x Atlético-MG – 06/06 (20h) – Pacaembu

Campeonato Brasileiro

Atlético Mineiro – Flamengo – sábado – 18/05 (19h) – Independência

Santos – Palmeiras – sábado – 18/05 (19h) – Pacaembu

FICHA TÉCNICA:
ATLÉTICO-MG 0 X 0 SANTOS

Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data: 15 de maio de 2019, quarta-feira
Horário: 19h15 (horário de Brasília)
Árbitro: Rodrigo D´alonso Pereira (SC)
Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva (GO) e Kleber Lucio Gil (SC)
VAR: Heber Roberto Lopes (SC)
Público e renda: 11.176/R$ 178.476,00
Cartões amarelos: ATLÉTICO-MG: José Welison e Elias

ATLÉTICO-MG: Victor; Guga, Réver, Igor Rabello e Fábio Santos (Patric); José Welison, Elias e Luan (Nathan); Geuvânio (Cazares), Chará e Ricardo Oliveira. Técnico: Rodrigo Santana

SANTOS: Everson; Lucas Veríssimo, Aguilar e Gustavo Henrique; Victor Ferraz, Jean Lucas, Diego Pituca e Jorge; Rodrygo (Cueva), Derlis González (Soteldo) e Jean Mota (Eduardo Sasha) Técnico: Jorge Desio