<
>

Diego Souza elogia Barroca e minimiza jejum de gols

play
Sul-Americana: Arnaldo analisa confrontos da 2ª fase, cita logística do Corinthians e elege o jogo mais complicado (2:24)

Para o comentarista do Linha de Passe, o Deportivo Lara será 'chato' para Corinthians, enquanto Fluminense x Atlético Nacional é o duelo mais difícil. (2:24)

O Botafogo vive semana tranquila após a terceira vitória seguida no Campeonato Brasileiro. Depois de um início de temporada ruim, com as eliminações precoces no Campeonato Carioca e Copa do Brasil, o clube carioca trocou de treinador e ressurgiram sob o comando de Eduardo Barroca. O atacante Diego Souza elogiou o trabalho do técnico.

“Barroca tem nos ajudado bastante. Chegou em momento difícil, vínhamos de resultados ruins. É um cara de grupo. Sem dúvida conseguimos os resultados esperados. Uma sequência de três vitórias no Brasileiro é maravilhoso, todo o mérito para ele por ter conseguido reestruturar o time e fazer ele jogar o que está jogando”, disse.

Diego Souza minimizou o fato que viver um jejum de gols. Para o jogador, a boa fase do Botafogo é o mais importante.

“A gente vem crescendo bem. Eu tenho meu papel dentro da equipe. Os gols ainda não saíram como eu quero, mas o importante é a vitória. E elas têm acontecido. Vou seguir trabalhando para que siga assim. Independente se sou eu ou outros jogadores marcando. Fico feliz da mesma forma”, declarou.

O próximo desafio do Botafogo será fora do Rio de Janeiro. Neste domingo, o clube enfrenta o Goiás, no Serra Dourada. Diego Souza não crê que haja facilidade para os cariocas no confronto.

“Não tem jogo fácil, o Goiás vem de vitória. Sabemos da dificuldade do jogo, mas temos que pensar sempre em vencer. Queremos continuar sempre na parte de cima da tabela”, finalizou.