<
>

Depois de Griezmann e Godín, debandada do Atlético de Madrid pode não ter acabado

Antoine Griezmann já anunciou a torcida e a diretoria do Atlético de Madrid que não continuará na equipe na próxima temporada. O próximo destino do francês provavelmente será o Barcelona.

Entretanto, a saída do atacante é só início de uma debandada de jogadores que deve acontecer na equipe espanhola com o final desta temporada.

Na linha defensiva, por exemplo, o clube vai perder quatro atletas: Lucas Hernandez – que já acertou a sua transferência para o Bayern de Munique; Godin, que deve ir para a Inter de Milão; Juanfran – que já informou que não continuará no clube e também Felipe Luís, que pode aparecer no futebol brasileiro.

No meio de campo, quem pode deixar o clube é Rodri. O atleta, de 22 anos, foi um dos grandes destaques do Campeonato Espanhol e está sendo procurado pelo Manchester City. O preço de sua multa rescisória, contudo, é considerada baixa, 70 milhões de euros.

Saúl e Diego Costa são jogadores com situações instáveis no clube. Segundo o jornal espanhol Marca, o Atlético de Madrid pretende fortalecer o seu caixa com os dois atletas.

Para suprir estas perdas, a equipe de Madri já começa a se movimentar e pode contratar três jogadores do Porto, de Portugal: Hector Herrera, Felipe e Alex Telles.

Herrera, meia de 29 anos, marcou oito gols em 51 jogos em todas as competições nesta temporada e chegará gratuitamente.

O zagueiro Felipe, 29 anos, disputou 46 de 49 jogos nesta temporada, com o clube português sofrendo apenas 19 gols em 33 partidas do campeonato. Espera-se que ele seja o substituto de Godin.

Telles, de 26 anos, está no radar de muitos clubes devido a seus nove gols e 33 assistências nas duas últimas temporadas. A fonte disse à reportagem que o Porto quer vendê-lo pela multa rescisória de 40 milhões de euros, enquanto o Atlético esperava negociar esse preço.