<
>

Diretor do Milan veta contratação de Everton pois negociar com brasileiros é 'complicado demais'

play
Palmeiras, Flamengo, Grêmio? Comentaristas escolhem, confronto por confronto, quem chega à final da Libertadores (3:38)

Os jogos das oitavas de final da competição serão realizadas no mês de julho (3:38)

No fim de março Everton brincou que poderia ser companheiro de time de Paquetá, mas essa possibilidade parece ter sido completamente descartada por parte do Milan.

De acordo com o Sport Mediaset, da Itália, o diretor executivo da equipe italiana, Ivan Gazidis, vetou qualquer busca do clube pelo jogador do Grêmio. Isso mesmo com Leonardo, diretor esportivo da equipe, estar aparentemente próximo de um acordo.

Segundo o veículo, o veto acontece pois Gazidis considera que negócios com times brasileiros são “sempre complicados”. A preocupação é com relação aos custos do negócio, tanto pela compra quanto pelas possíveis comissões a serem pagas.

A imprensa italiana destaca que esse pode ser mais um fator indicativo sobre o futuro de Leonardo. Recentemente o Corriere dele Sera informou que Gazidis “tomará uma decisão” sobre o cartola brasileiro no fim da temporada.

Com a mudança nos planos, o Milan pode voltar suas atenções para o atacante Allan Saint-Maximin, do Nice, que está avaliado em 25 milhões de euros (R$ 111,23 milhões).