<
>

Martial vai ficar no Manchester United por ser 'queridinho' do dono do clube

O atacante Anthony Martial pode ficar tranquilo quanto à sua permanência no Manchester United, já que é o queridinhos do empresário norte-americano Joel Glazer, um dos donos do time britânico, informaram fontes ao ESPN FC.

Tanto o treinador atual, Ole Gunnar Solskjaer, quando o antigo técnico, José Mourinho, "torceram o nariz" para o comportamento pedante do francês nos treinamentos e jogos.

No entanto, o atleta de 23 anos, que foi contratado em setembro de 2015 por 60 milhões de euros (R$ 267 milhões, na cotação atual) deve permanecer em Old Trafford, já que é um dos jogadores preferidos de Joel Glazer.

Martial renovou seu contrato em janeiro deste ano, mas, desde que assinou o novo vínculo, marcou apenas dois gols em 13 partidas. Antes da assinatura, ele havia ido às redes nove vezes em 18 oportunidades.

O francês não começou entre os titulares no duelo contra o Cardiff, o último pela Premier League 2018/19, mesmo com Romelu Lukaku e Alexis Sánchez estando lesionados. O comandante optou por Mason Greenwood, de apenas 17 anos.

O futuro de Martial tornou-se objeto de discussão há um ano, mas ofertas pelo seu futebol foram todas rejeitadas por Joel Glazer e pelo vice-presidente do United, Ed Woodward. De acordo com as fontes ouvidas, isso acontecerá novamente nesta janela de transferências.

Com isso, ele fará parte do elenco de Solskjaer na próxima temporada, apesar da intenção do treinador de promover uma "revolução" no plantel dos Red Devils, após a equipe terminar incríveis 32 pontos atrás do rival (e campeão) Manchester City.

Segundo as fontes, Solskjaer quer ao menos um zagueiro, um meia central e um atacante como suas prioridades. O cálculo é que ao menos cinco reforços têm que chegar para que o norueguês consiga dar andamento em seus planos antes do início da pré-temporada, em 1º de julho.

Antonio Valencia e Ander Herrera já confirmaram que vão deixar Old Trafford após o fim de seus contratos, em junho. Enquanto isso, há incertezas quanto a nomes como Matteo Darmian, Marcos Rojo, Eric Bally, Juan Mata, Lukaku e Sanchez.