<
>

Roma: por decisão do clube, De Rossi se despede após 18 anos

O volante Daniele de Rossi, de 35 anos, deixará a Roma no final desta temporada, clube pelo qual atua há 18 anos, de acordo com um comunicado divulgado no site da equipe italiana nesta terça-feira.

"Há quase 18 anos, um jovem Daniele De Rossi estreava na Roma contra o Anderlecht. Contra o Parma, no Olímpico, jogará sua última partida com nosso manto. Será o fim de uma era", divulgou o clube no Twitter.

De Rossi, que ostentava a braçadeira de capital desde a aposentadoria de outro ídolo, Francesco Totti, em 2017, se despedirá da torcida em 26 de maio, em cofronto contra o Parma, na última rodada do Campeonato Italiano.

Nesses 18 anos, o volante disputou 615 partidas com a Roma e marcou 63 gols. Apenas Totti, que atuou 786 vezes e marcou 307 gols, o supera na classificação dos atletas que mais jogaram pelo clube italiano.

Na coletiva de anúncio de seu 'adeus', De Rossi revelou que continuará sendo um torcedor do clube italiano.

Com a Roma, De Rossi conquistou duas vezes a Copa da Itália (2007 e 2008) e uma Supercopa da Itália (2007).

"Durante 18 anos Daniele foi o coração da Roma. Sempre representou o torcedor romanista em campo com orgulho, se afirmando como um dos melhores volantes da Europa", falou o presidente da Roma, James Pallotta.

Além disso, De Rossi disputou 117 partidas com a seleção italiana, com a qual foi campeão do mundo em 2006 na Alemanha.