<
>

Rodrygo, do Santos, é o novo líder da Bola de Ouro; Palmeiras domina seleção do Bola de Prata após 4 rodadas

play
Mauro Cezar traz comparação de média de finalizações ao gol do Santos com clubes europeus (5:53)

Comentarista ainda falou sobre a atitude de alguns técnicos no Brasil (5:53)

Autor de um belo gol, o jovem atacante Rodrygo, do Santos, foi o grande destaque da 4ª rodada do Brasileirão no 50º prêmio ESPN Bola de Prata Sportingbet. Aos 18 anos, o atacante comandou a vitória do time alvinegro sobre o Vasco, por 3 x 0, no Pacaembu, participando ainda dos outros dois gols da equipe.

Principal nome da equipe de Sampaoli nesse início de competição, Rodrygo assumiu também o primeiro lugar na colocação geral do prêmio, sendo o Bola de Ouro após quatro rodadas.

O lateral esquerdo Jorge, outro que teve uma grande atuação contra o Vasco (deu o passe para o gol de Rodrygo), é agora o novo líder de sua posição, sendo o outro representante do clube praiano, vice-líder do Brasileiro, na seleção do Bola de Prata.

O Palmeiras, primeiro colocado, invicto, com o melhor ataque e a melhor defesa, segue dominando a seleção com seis jogadores: o goleiro Weverton (que ainda não sofreu gol), o lateral direito Marcos Rocha, o zagueiro Luan, o volante Bruno Henrique (autor de dois gols contra o Galo e um dos artilheiros do Brasileirão), além do meia Zé Rafael e do atacante Dudu (líder em assistência – três, ao lado de Guga, do Atlético-MG).

Completando a seleção, aparecem destaques de outros três times: o zagueiro Rodrigo Caio (Flamengo), o volante Hudson (São Paulo) e o centroavante Guerrero (Internacional).

A seleção do Bola de Prata após a 4ª rodada ficou assim: Weverton (Palmeiras), Marcos Rocha (Palmeiras), Luan (Palmeiras), Rodrigo Caio (Flamengo) e Jorge (Santos); Hudson (São Paulo), Bruno Henrique (Palmeiras) e Zé Rafael (Palmeiras); Dudu (Palmeiras), Rodrygo (Santos) e Guerrero (Internacional).

Desde 2017, o prêmio conta com a pontuação composta por 40% de estatísticas (o Algoritmo DataESPN) + 60% das notas dos jornalistas.