<
>

Sidão vai parar em jornal espanhol: 'Indignação por piada no dia em que homenageava sua mãe falecida'

Personagem da rodada do final de semana pelo constrangimento de ser “premiado” como o melhor da partida em que falhou pelo menos três vezes na derrota do Vasco por 3 a 0 para o Santos, o goleiro Sidão teve seu caso repercutido nesta segunda-feira pela imprensa da Espanha.

Em artigo intitulado "O pior da internet tira sarro de Sidão no dia em que ele homenageava sua mãe falecida", o jornal As detona a situação constrangedora à qual o arqueiro foi submetido após o fim do confronto pela 4ª rodada do Campeonato Brasileiro.

"A internet tem coisas maravilhosas, mas também pode nos demonstrar sua face mais vergonhosa. Quem sabe bem é o goleiro Sidão, do Vasco, que neste domingo levou três gols do Santos e viu seu time se complicar no fundo da tabela do Brasileirão", escreveu.

"Poderia ter sido só uma tarde ruim para Sidão, mas sua pior partida coincidiu com o dia em que ele homenageava sua mãe falecida. O arqueiro aproveitou que o domingo, era dia das mães em muitos países da América para ir a campo com o nome de sua mãe em sua camiseta como tributo", prosseguiu.

"Ele não teve a tarde que esperava e, ainda por cima, teve que aguentar a pesada 'piada' de milhares de internautas que decidiram tornar viral sua tarde votando nele como melhor jogador da partida e fazendo o atleta passar por um momento constrangedor diante das câmeras, que lhe entregaram o troféu ao vivo diante de todo o país", criticou.

"A emissora Globo, que outorga o prêmio, lhe 'presenteou' com essa 'honraria' ao término da goleada, e minutos depois teve que emitir um comunicado pedindo desculpas pelo lamentável momento vivido. Chegou ao ponto de agora a TV ter decidido mudar as regras e decidir que o prêmio não será mais escolhido só através de votos de internautas, mas que os comentaristas terão que intervir para evitar casos parecidos", finalizou.

Vale lembrar que Sidão já confessou em entrevistas que teve depressão após a morte de sua mãe, quando tinha 18 anos, e pensou até em cometer suicídio.

Logo após o fim do duelo no Pacaembu, ele lamentou o dia que ficaria marcado para ele como o pior de sua carreira.

"Acho que sim (é o pior dia da carreira), por ser Dia das Mães e estar com o nome da minha mãe nas costas. Hoje vai ficar marcado de forma bem triste", afirmou.

Já nesta segunda-feira, o vascaíno desabafou em suas redes sociais.

“Uma trajetória com muita luta, sempre foi assim a minha vida. ‘Do Caos, surgem as oportunidades’”, escreveu o jogador ,em sua conta no Instagram.

“Que esse constrangimento generalizado toque cada um de nós (atletas, jornalistas, técnicos, dirigentes, agentes, torcedores), enfim, todos aqueles que buscam e tentam fazer um futebol melhor, tendo como pilar principal o RESPEITO PROFISSIONAL”, completou.

MANIFESTAÇÕES DE APOIO E DESCULPAS

Horas depois do ocorrido, a TV Globo emitiu nota oficial pedindo desculpas ao goleiro pelo constrangimento.

"O Grupo Globo aproveita para pedir desculpas a Sidão pela situação de constrangimento ao fim do jogo no Pacaembu. O goleiro é um profissional de alto nível no futebol brasileiro que estava em seu ambiente de trabalho depois de uma jornada difícil. Reconhecemos que a entrega do troféu não foi adequada na ocasião e agradecemos a educação de Sidão no momento de tensão", escreveu.

A emissora ainda afirmou que o prêmio terá mudanças em seu critério para evitar novas situações como essa.

"Sem deixar de reconhecer a opinião do público, a mudança no formato tem o objetivo de premiar os jogadores que tiveram atuação de destaque em cada partida", salientou.

Via redes sociais, diversos jogadores do Palmeiras, como Moisés, Bruno Henrique, Felipe Melo e Jaílson, se uniram e postagem uma mensagem de apoio ao colega de profissão.

Mostrando ser um comunicado conjunto, os alviverdes chamaram o prêmio de "brincadeira de mau gosto" e disseram ser "inaceitável" a exposição ao ridículo do goleiro vascaíno.

"Nós, jogadores do Palmeiras, repudiamos a brincadeira de mau gosto feita com Sidão. Nós temos de dar o exemplo de saber perder, mas ser exposto ao ridículo é inaceitável", escreveram.

Sensibilizado com a situação do jogador, o Santos usou suas redes sociais para postar uma mensagem de apoio a Sidão.

Com a letra do samba "Tá escrito", do grupo Revelação, o Peixe pediu ao goleiro para erguer a cabeça.

"Erga essa cabeça, mete o pé e vai na fé. Manda essa tristeza embora. Basta acreditar que um novo dia vai raiar. Sua hora vai chegar!", escreveu.

A mensagem teve repercussão muito positiva entre os internautas, que parabenizaram o clube da Baixada pela ação.

A assessoria do jogador também divulgou nota no Instagram reclamando do prêmio entregue ao atleta.

"Respeito ao profissional, acima de tudo! Repudiamos com veemência a atitude tomada ao final do jogo na transmissão da TV Globo. Estaremos sempre juntos, Sidão", escreveu.

Mais cedo, o ex-atacante Walter Casagrande, que é comentarista da própria TV Globo, usou sua conta no Instagram para pedir desculpas a Sidão pelo episódio constrangedor.

"Eu quero pedir desculpas ao Sidão por essa ironia de mau gosto com esse troféu ridículo", postou.

"O Sidão é um trabalhador honesto e merece respeito de todos, me desculpe mesmo!", completou.