<
>

Botafogo de Barroca supera Fluminense de Diniz e chega à terceira vitória seguida no Brasileirão

Em uma partida muito disputada no Maracanã, o Botafogo venceu o Fluminense por 1 a 0, engrenando sua terceira vitória em quatro rodadas do Brasileirão. O gol da vitória foi de Alex Santana, seu segundo na competição.

O primeiro tempo foi muito disputado, com o Fluminense melhor. Usando muito o lado esquerdo do ataque, com Yony Gonzáles e Caio Henrique. A ideia de Fernando Diniz realmente era um time mais ofensivo, tanto que abandonou a formação com três volantes e escalou Daniel e Ganso para armarem o jogo.

Luciano e Pedro perderam grandes chances na primeira etapa, e o Botafogo voltou aos vestiários no lucro, com o placar em igualdade.

Os últimos 45 minutos foram mais equilibrados, e o Botafogo melhorou - entretanto, as melhores chances seguiam sendo do Fluminense. Barroca voltou do intervalo com Yuri no lugar de Rodrigo Pimpão.

Aos 19, Ganso cobrou falta, a bola bateu na barreira e Luciano, impedido, cabeceou para o fundo do gol. Entretanto, a jogada foi anulada na hora, com o auxiliar levantando a bandeira.

Mais tarde, aos 36, outro gol do Fluminense seria invalidado, mas esse com auxilio do árbitro de vídeo. Após cruzamento da esquerda, Pedro cabeceou no travessão e, na sequência, Matheus Ferraz fez o gol. Entretanto, Pedro estava impedido.

O gol da vitória foi marcado por Alex Santana aos 26 minutos do segundo tempo. Jonathan recebeu na esquerda e deu ótimo cruzamento. No meio da área, chegou o camisa 10, de trás, sozinho, e estufou as redes com um cabeceio que não deu chances para Rodolfo.

Mães e filhos

O clássico no Maracanã também foi marcado por duas belas ações antes da bola rolar, uma de cada lado.

O Fluminense, em parceria com o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ), aderiu à campanha 'Adote um Vencedor', uma ação de estímulo à adoção tardia.

Já o Botafogo prestou uma homenagem ao Dia das Mães. Exaltando as milhões de mães que criam seus filhos sozinhas, o clube da estrela solitária entrou em campo sem sua estrela no uniforme, e carregando uma faixa que dizia: "A estrela solitária saiu da camisa para lembrar de outras: as 11,6 milhões de mulheres que criam seus filhos sozinhas. Estamos com elas. Feliz dia das mães.


Na próxima rodada, o Botafogo visita o Goiás, no domingo às 16h, e o Fluminense joga em casa contra o Cruzeiro, às 16h do próximo sábado, mas as equipes já se enfrentam, também no Maracanã, na próxima quarta-feira, pela partida de ida das oitavas-de-final da Copa do Brasil.