<
>

Botafogo: Barroca elogia estilo de Fernando Diniz, próximo adversário no Brasileirão

play
Fluminense: 'Diniz conseguiu resgatar o futebol de vários jogadores daqui, e eu sou um deles', afirma Luciano (1:01)

O atacante da equipe carioca não poupou elogios ao técnico, que vem sendo exaltado nas últimas semanas, muito por conta da virada incrível sobre o Santos (1:01)

O Botafogo finalizou sua preparação para o clássico deste sábado (11) contra o Fluminense, no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro. Para o técnico Eduardo Barroca, sua linha de pensamento é parecida com a utilizada por Fernando Diniz, comandante tricolor.

“Me identifico muito com a forma como o Diniz pensa o mundo esportivo. Já tive oportunidades de pensar com ele. Me identifico quando ele fala que sofreu angústias como jogador. Procuro fazer minhas escolhas e tomar decisões pensando no lado do jogador, do indivíduo. Entendo que a forma dele de jogar e trabalhar, assim como a minha, tem uma conexão como pensamos o mundo esportivo e a vida em geral”, disse.

Barroca destacou que uma vitória sobre o rival será importante para as pretensões do Botafogo de seguir entre os líderes do Campeonato Brasileiro até a parada para a Copa América.

“Pensando na competição em especial, mais importante do que ganhar clássico é a chance da terceira vitória em quatro jogos. Quando começamos, deixamos claro que precisávamos dar o máximo até a pausa da Copa América, para, aí sim, redesenhar e ganhar uma coletividade maior. Terceira vitória seria muito especial. Sabemos que é um jogo muito difícil, adversário que costuma se impor, treinador com ideia consolidada de trabalho, coletividade avançada. Temos condição de nos superar. A forma como os jogadores vem se dedicando me dá confiança”, declarou.

Para o clássico contra o Fluminense, Barroca ainda tem duas dúvidas: o lateral esquerdo Gilson e o volante João Paulo foram poupados do último treino por conta de dores musculares e não têm presença certa no jogo.