<
>

Auxiliar relembra como ex-técnico convenceu Messi a seguir no Barcelona seis dias antes de morrer

Jordi Roura, assistente técnico do ex-comandante do Barcelona Tito Vilanova, relembrou a uma rádio espanhola como o treinador conseguiu fazer com que o argentino Lionel Messi não saísse do time, seis dias antes de morrer.

Segundo Roura, Messi estava desanimado com as críticas que havia recebendo no clube catalão, triste por uma eliminação para o Real Madrid na Copa do Rei e estava decidido a procurar novos ares na próxima temporada.

Porém, o falecido treinador explicou ao argentino que nenhum clube do mundo conseguiria extrair tão bem o seu futebol quanto o Barcelona.

“Era um estágio muito difícil para Tito e é verdade que naquela época Messi estava incerto sobre sua continuidade “, afirma Roura a Radio Kanal.

“Eles se conheceram e, embora eu não estivesse lá, sei que passaram horas conversando. Não sei, ao certo, o que foi conversado, mas o argentino decidiu ficar aqui e esperamos que permaneça por muitos anos”, completa.

Tito lutou contra um câncer na glândula parótica por três anos e essa foi a causa de sua retirada do futebol. Em 2014, o técnico precisou passar por uma cirurgia de emergência na garganta, mas não resistiu.