<
>

Santos tem grande dependência do dinheiro da TV, mostra balanço: 54%

play
Santos: Números apontam que partida contra o Vasco foi uma das piores da equipe em 2019 (3:16)

Mesmo sendo derrotado por 2 a 1 pelo Vasco, a equipe paulista se classificou para a próxima fase da Copa do Brasil (3:16)

Na última quinta-feira, o Santos publicou seu balanço financeiro de 2018. E os números mostram uma enorme dependência da equipe da Baixada do dinheiro vindo dos direitos de televisão.

De acordo com os números, que passaram por uma auditoria independente, 54% da receita do Peixe vem atualmente da TV.

Ao todo, R$ 103,3 milhões dos pouco mais R$ 191 milhões que a equipe arrecadou com futebol profissional (ou seja, sem contar futebol amador e clube social) no ano fiscal foram provenientes dos direitos de transmissão.

O aumento em relação a 2017, aliás, foi bastante expressivo.

No balanço anterior, 38% da receita total do Alvinegro tinha vindo da TV.

Isso deu R$ 108,7 milhões dos R$ 287 milhões que entraram nos cofres santistas.

Os direitos de televisão foram de longe a maior receita dos praianos em 2018.

Veja na tabela abaixo:

Na última quinta, o Santos ainda divulgou um “plano integrado de gestão”, no qual traçou diversas metas até o fim de 2023.

Em relação ao futebol, o Peixe pretende disputar uma final da Libertadores até 2023 e conquistar uma Copa do Brasil no mesmo período.

Além disso, o clube também pretende vencer dois Paulistas e estar entre os seis primeiros colocados do Campeonato Brasileiro nos próximos cinco anos.

A agremiação também traçou pontos fortes, como reconhecimento da marca mundialmente e baixa rejeição, e fracos, tal qual baixo público e desequilíbrio financeiro.