<
>

Real Madrid: Jornal relata disputa entre Courtois, Navas e filho de Zidane para ser goleiro titular

O jornal El Confidencial relatou como vem funcionando a briga para ser goleiro titular do Real Madrid, com muitos fatores balizando a decisão do técnico Zinedine Zidane.

Desde que o francês assumiu, ele vem prestigiando Keylor Navas, que foi um de seus homens de confiança na primeira passagem pelo Santiago Bernabéu. Tanto é que, nos seis jogos de Zizou até agora, o jogador da Costa Rica foi titular em cinco.

Na única vez em que Navas não jogou, o arqueiro selecionado foi Luca Zidane, filho do técnico. O desempenho, porém, deixou a desejar: ele foi vazado duas vezes na vitória por 3 a 2 sobre o lanterna Huesca. Apesar disso, não está descartado que ele tenha uma nova chance até o final de 2018/19.

Mas por que Courtois, que foi titular absoluto na gestão Santiago Solari, não está nem sendo relacionado? Segundo revela o jornal, é por conta de uma "lesão misteriosa", que vem deixando Zizou ressabiado.

"A história do desaparecimento de Courtois vem de algum tempo. Quando Zidane assumiu o cargo após a saída de Solari, ele conversou com os goleiros e comunicou a todos que teriam oportunidades nas partidas que faltavam na temporada. A primeira decisão de Zidane foi colocar Navas como titular em sua estreia. O costarriquenho jogou contra o Celta de Vigo no Bernabéu, em 16 de março, e Courtois ficou no banco. O belga se sentiu relegado com a reserva e, desde esse dia, desapareceu dos planos da comissão técnica, alegando dores musculares. Essas moléstias se prolongaram ao longo das semanas, e impedem que ele possa regressar na luta por posição", diz.

O Real, porém, não divulgou qualquer comunicado médico sobre a lesão de Courtois, como sempre faz com atletas que estão no departamento médico. Por isso, não há detalhes sobre os músculos lesionados, ou estimativa de tempo de volta para o belga.

De acordo com o El Confidencial, há certa decepção com a postura recente de Courtois, já que era esperada mais vontade do atleta para tentar se firmar na reta final da temporada. No entanto, apesar dos pesares, ele deve seguir no Bernabéu para 2019/20.

"Courtois foi a contratação estelar para a temporada, e chegou como melhor goleiro da Copa da Rússia. Está nos planos do belga seguir no Madrid, e no clube consideram que ele é o presente e o futuro. Mas também há Keylor Navas, que segue fazendo concorrência ferrenha aos olhos de Zidane", assinala o diário, lembrando que Courtois ainda não engoliu a queda na Uefa Champions League.

"A última partida que o belga disputou foi a vitória contra o Valladolid. A penúltima acabou sendo uma péssima memória, com a eliminação na Champions contra o Ajax, em pleno Bernabéu, jogo no qual ele foi um dos apontados como um dos culpados pela goleada. Courtois não gostou nada disso e deixou que todos soubesse claramente", finalizou.