<
>

Cássio conquista nono título, supera lendas e se isola como maior campeão da história do Corinthians

play
Dancinha de Love, banho em Carille e 'tudo normal': os bastidores do título do Corinthians (0:46)

Veja a festa do título paulista na visão dos próprios jogadores (0:46)

A conquista do Campeonato Paulista de 2019, neste domingo, fez o goleiro Cássio escrever seu nome ainda mais forte na história do Corinthians.

Com mais um troféu em sua galeria pessoal, o arqueiro chegou ao total de nove títulos vencidos desde que chegou ao Timão, em 2012.

Vale citar que, para a contagem, são usados os critérios do “Almanaque do Timão”, organizado pelo jornalista e professor Celso Unzelte, comentarista da ESPN, que considera apenas títulos oficiais e conquistas em que o jogador entrou em campo na campanha.

O goleiro Júlio César (atualmente no Red Bull Brasil), por exemplo, viu o Corinthians ser campeão nove vezes em seu período no clube, mas jogou em apenas cinco competições. Já Marcelinho Carioca tem conquistas como o Troféu Ramón de Carranza, disputa amistosa.

Ao todo, Cássio, de 31 anos, possui agora quatro Paulistas (2013, 2017, 2018 e 2019), dois Brasileiros (2015 e 2017), uma Libertadores (2012), uma Recopa Sul-Americana (2013) e um Mundial de Clubes (2012).

Com a 9ª taça, o goleiro superou outras sete lendas da equipe alvinegra, com quem estava empatado em oito troféus conquistados.

São eles: Danilo, Alessandro, Chicão, Kléber, Marcelinho Carioca, Neco e Del Debbio. Ou seja: apenas atletas que estão na galeria dos maiores ídolos da história corintiana.

A próxima marca que Cássio pode quebrar é a de arqueiro com mais jogos pelo Timão.

No momento, após a final deste domingo, o atleta chegou a 406 partidas pelo time. Ele precisará fazer ao menos mais 196 para igualar Ronaldo, que possui 602 em sua conta.

Cássio tem contrato até 2022 com o Corinthians, com o vínculo tendo sido renovado em 21 de janeiro deste ano, ao lado do lateral direito Fagner.

Qual o lugar de Cássio entre ídolos do Corinthians? Opine!