<
>

Kelvin, ex-Palmeiras, São Paulo e Vasco, fica perto de acertar com o Fluminense

O atacante Kelvin rescindiu contrato com o Porto, de Portugal, no início do mês e deve ser o novo reforço do Fluminense para a temporada.

Para fechar o acordo, a diretoria do Tricolor pediu para que ele realizasse exames no joelho esquerdo, já que sofreu uma ruptura dos ligamentos em 2017 e, como é de se esperar, o clube quer ter a certeza de que o atleta esteja em perfeitas condições físicas para reforçar a equipe.

Na ocasião da cirurgia, Kelvin ficou 11 meses em recuperação.

No ano passado, o atleta, que também já jogou por Palmeiras e São Paulo, defendeu o Vasco por empréstimo.

Ele disputou sua última partida no dia 2 de dezembro, contra o Ceará, pelo Campeonato Brasileiro.

Depois, retornou ao Porto, mas não houve interesse do clube luso por sua permanência e o atacante voltou ao futebol brasileiro, depois de rescindir seu compromisso.

LUCIANO DEVE FICAR

Enquanto vive a expectativa sobre a situação do atacante Everaldo, pretendido pelo Corinthians, a diretoria do Fluminense está se movimentando para segurar Luciano, um dos destaques da equipe neste início de temporada.

Em entrevista publicada pelo Netflu, o empresário do jogador, Nilson Moura, informou que a diretoria do Tricolor já avisou que pretende adquirir os direitos do artilheiro. Para ficar em definitivo com Luciano, o Fluminense terá que pagar cerca de 500 mil euros (R$ 2,2 milhões) ao Panathinaikos, da Grécia.

O representante do jogador disse que esse valor só vai vigorar até julho e que, por isso, ele acredita que o Fluminense vai exercer a opção de compra para não ter que gastar mais com a aquisição do jogador, que já caiu nas graças da torcida.

“O clube já sinalizou que vai fazer a compra em definitivo antes desse prazo. É por isso que estamos tranquilos, sem buscar nada para o jogador. Acreditamos no Fluminense, e Luciano não pretende sair porque está gostando muito do clube”, disse o agente.