<
>

São Paulo não recebe do River e ameaça ir à Fifa por R$ 4,4 milhões da venda de Pratto

play
Hernanes visita Cassiano, pequeno torcedor do São Paulo, no hospital e manda recado (0:33)

O garoto ouviu de oito médicos que não viveria por muito tempo, e hoje já está com 10 anos (0:33)

O São Paulo vai recorrer à Fifa se o River Plate não fizer, até a semana que vem, o pagamento de uma parcela atrasada pela compra de Lucas Pratto. A informação é de Jorge Nicola, comentarista dos canais ESPN, em seu blog no “Yahoo”.

A pendência dos argentinos é de 1 milhão de euros (R$ 4,4 milhões) e venceu em 31 de janeiro. A justificativa do River é que há um problema de fluxo de caixa no clube.

No início desta semana, contudo, o São Paulo endureceu a cobrança e deu um prazo de dez dias para receber o valor devido. Caso contrário, recorrerá à Fifa.

Pratto foi vendido pelo São Paulo ao River Plate em janeiro de 2018 por 11,5 milhões de euros, sendo que 8,5 milhões de euros cabiam ao clube brasileiro – que recebe de forma parcelada.