<
>

Real Madrid: Hazard por R$ 442 milhões é 'questão de dias', diz jornal

Sonho antigo do Real Madrid, Eden Hazard está muito perto de ser confirmado como o terceiro reforço do time espanhol para a próxima temporada pelo valor de 100 milhões de euros (R$ 442 milhões de reais) - Rodrygo e Éder Militão já foram confirmados.

O belga tem apenas um ano de contrato faltando com o Chelsea e já recusou a renovação três vezes, deixando claro seu desejo de se juntar ao time de Zidane. No último verão, a equipe de Madri tentou contratar Hazard pela primeira vez, mas o pedido de 200 milhões de euros (R$ 884 milhões de reais) fez a equipe espanhola recuar.

No entanto, nesta temporada, segundo o jornal Marca, as negociações entre as três partes (Hazard, Real Madrid e Chelsea) estão muito avançadas e o belga será confirmado como jogador merenegue "em questão de dias".

Assim que a temporada "competitiva" dos Blues se encerrar, com o resultado da Europa League definido e a busca pela vaga da Champions League, o jogador será oficializado pelos espanhóis.

Sem um substituto à altura no elenco, o Chelsea busca opções no mercado, como o vice-artilheiro do Campeonato Francês Pépé do Lille, e esperam que Christian Pulisic, jogador do Borussia Dortmund já contratado por 64 milhões de euros (R$ 285 milhões de reais) seja capaz de substituir o craque belga, mesmo com um estilo de jogo diferente.

No Real Madrid, após a temporada ruim e a eliminação precoce na Champions League, o presidente Florentino Pérez espera contratar apenas jogadores que cheguem para o time titular, e não investir mais no futuro. Após fechar com Hazard, o primeiro da lista de reforços será Paul Pogba.

No entanto, a negociação não será fácil, o Manchester United não facilitará a venda de seu principal jogador e todos em Madri sabem disso. Jornais ingleses apontam que o time pedirá, pelo menos, 150 milhões de euros (R$ 662 milhões de reais) pelo francês campeão do mundo. A equipe espanhola espera que o jogador e seu empresário Mino Raiola facilitem a negociação com o United, já que consideram o valor muito alto.