<
>

Ex-mulher de Jesé Rodríguez diz que bad boy ex-Real Madrid e PSG quer que ela vá para a prisão

Jesé Rodríguez e Aurah Ruiz durante jogo do PSG, em agosto de 2018 Getty Images

O atacante Jesé Rodríguez, que passou sem brilho nos últimos anos por Real Madrid, Paris Saint-Germain e Stoke City, estando atualmente emprestado pelo PSG ao Betis, vem chamando mais a atenção pelas polêmicas do que pelo futebol já há algumas temporadas.

Agora, a última notícia sobre o bad boy é que sua ex-mulher, a modelo e youtuber Aurah Ruíz contou à revista de fofoca Lecturas que Jesé quer que ela vá para a cadeia.

A briga entre o ex-casal é antiga. Eles possuem um filho, chamado Nyan, que nasceu prematuro e possui uma doença rara que o fez ficar internado em seus primeiros 10 meses de vida. Por isso, precisa sempre de cuidados especiais.

No entanto, após a separação, Aurah o acusou de negligenciar o filho (inclusive financeiramente) e não ajudar a cuidar do garoto.

"Continua a viajar de avião privado, a publicar fotos com colares de diamantes de milhares de euros, enquanto a pouca roupa do teu filho é lavada e estendida nas cadeiras de um hospital. Continua a gastar dinheiro com os teus amigos, nas viagens, e a comprar carros e roupa de marca, enquanto o teu filho passa por necessidades", escreveu ela em seu Instagram, em março de 2018, em um dos diversos ataques que fez ao ex-marido, só para citar um exemplo.

Recentemente, ela ainda disse que Jesé "tem vergonha" de Nyan, e que não pode sequer mostrar o rosto do menino das redes sociais devido a um acordo que possui com o atacante - ao mesmo tempo, o atleta possui outros dois filhos, dos quais publica imagens constantemente na web.

Jesé, porém, acabou entrando na Justiça da Espanha contra Aurah, acusando a ex-mulher de calúnia e injúria. De acordo com a modelo, o objetivo do jogador do Betis é que ela seja presa.

"Há alguns dias me disseram que o caso não foi arquivado e que irei a julgamento. Ele quer que minha punição seja de três a cinco anos de prisão", revelou.

"Ele trava uma guerra contra mim. A única coisa que quero é que a gente cuide do nosso filho. Ele (Jesé) sequer viu o menino andar. Eu não tenho medo, não acho que ele conseguirá me colocar numa cela. Nunca menti e tenho provas de tudo", acrescentou.

"Se ele me colocar na prisão, é como me matar, me destruir. Não posso viver sem meu filho. É uma criança tão boa. As consequências (da prisão) seriam brutais para ele", finalizou, emocionada.

Na atual temporada, Jesé, de 26 anos, fez 13 jogos e marcou um gol pelo Betis.