<
>

General Marco Aurélio é exonerado da Secretaria Especial do Esporte

General Marco Aurélio ficou pouco mais de 100 dias no cargo Francisco Medeiros/Ministério da Cidadania.

O Diário Oficial da União desta quinta-feira oficializou a saída do general Marco Aurélio Costa Vieira da Secretaria Especial do Esporte, que hoje faz parte do Ministério da Cidadania. A decisão da exoneração do presidente Jair Bolsonaro.

O nome do novo secretário ainda não foi anunciado e existe muita especulação sobre quem assumirá a pasta. O também general Décio Santos Brasil é um dos apontados como possível substituto.

De acordo com a Agência Estado, a decisão foi tomada para que João Manoel Santos Souza assuma a pasta. O maranhense é filho do ex-senador João Alberto, presidente do MDB do Maranhão, mesmo partido de Osmar Terra, ministro da Cidadania.

A manobra seria uma forma do governo ampliar a base partidária no Congresso, facilitando a obtenção de votos para propostas importantes, como a reforma da previdência.

O general, que ficou pouco mais de 100 dias no cargo, foi diretor-executivo de operações da Rio 2016, sendo o responsável pelo revezamento da tocha olímpica na passagem pelo país antes do início dos Jogos.