<
>

Ídolo do Palmeiras, Marcos diz que Ceni ainda será técnico da seleção brasileira: 'Trabalhador, estudioso, inteligente...'

play
Atlético-MG conversa com Osorio enquanto aguarda Rogério Ceni, informa Nicola (1:58)

Treinador do Fortaleza não abre negociação até o final do Estadual; técnico colombiano está sem clube (1:58)

Marcos e Rogério Ceni marcaram época no futebol brasileiro por Palmeiras, São Paulo e pela seleção brasileira.

Multicampeões por seus clubes, os capitães dividiram o vestiário canarinho na Copa do Mundo de 2002. E é lá, no vestiário da seleção, que Marcos vê Ceni.

O Fortaleza encarou o Ceará pela partida de ida da final estadual no último domingo, e venceu por 2 a 0. Antes do jogo começar, Rogério Ceni foi cumprimentar os jogadores reservas do adversário, que protagonizaram uma cena que chamou atenção: todos se levantaram, demonstrando muito respeito pelo treinador rival.

O perfil Doentes por Futebol compartilhou a cena em seu Instagram, exaltando o "respeito total", e Marcos fez questão de comentar: "Um grande goleiro, currículo invejável, uma grande pessoa. E pode anotar aí: vai ser o treinador da seleção um dia. Trabalhador, estudioso, inteligente e muita experiência dentro do campo".

Amoroso, que jogou no São Paulo com Ceni e representou a seleção com os dois, ainda respondeu: "Acredito em tudo que você falou. Quem sabe vocês não trabalhariam juntos para o bem do nosso futebol? Dois ícones vencedores e pessoas da melhor qualidade. E se trabalhar junto, me leva que eu ensino a fazer gol", brincou.

Com o foco no Fortaleza, Rogério Ceni dirige o time contra o Ceará pela partida de volta da decisão cearense, no próximo domingo. Na outra semana, visita o Palmeiras pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro.