<
>

Cruzeiro é desconvidado de torneio de base por aliciar promessa do América-MG

play
Nicola critica Cruzeiro por colocar venda de Arrascaeta em balanço:' O déficit real foi de R$ 87 milhões em 2018' (2:38)

A equipe mineira gastou mais do que arrecadou com o futebol na última temporada (2:38)

O Cruzeiro foi desconvidado da Nike Premier Cup, competição de categorias de base do futebol brasileiro, graças a um boicote de outras equipes participantes. A informação foi publicada pelo Blog do Perrone, do Uol, nesta quarta-feira.

A equipe de Belo Horizonte é acusada de aliciar uma promessa do rival América-MG: trata-se do jogador Vitor Roque, de 14 anos, artilheiro do último Campeonato Mineiro sub-14. O time celeste nega.

Vitor chegou ao “Coelho” com 10 anos e se destacou. Ao completar o 14º aniversário (idade necessária para assinar contrato profissional), entretanto, não se reapresentou e foi treinar no Cruzeiro.

Outras equipes participantes da competição ameaçaram não entrar em campo caso Vitor Roque não fosse devolvido, ou uma indenização fosse paga.

Ao Uol, o coordenador da base do Flamengo e presidente do Movimento dos Clubes Formadores do Futebol Brasileiro, Eduardo Freeland, disse que o boicote será mantido em outros torneios não organizados por CBF ou Fifa.

O Cruzeiro se diz tranquilo com a situação. O gerente de futebol do clube, Marcone Barbosa, falou ao jornal Superesportes que confirmou a ausência de vínculo entre América-MG e Vitor Roque antes da contratação. Já Paulo Bracks, diretor da base do Coelho, disse ao veículo que a ética e o bom senso precisam ser respeitados, reiterando que "a batalha vai se alastrar por todas as competições privadas".