<
>

Liverpool vence Chelsea na Premier League com golaço de Salah e passa novamente o Manchester City

Que vitória fundamental para os Reds! Neste domingo, o Liverpool bateu o Chelsea por 2 a 0 no Anfield Road, pela 34ª rodada da Premier League, e reassumiu o primeiro lugar na tabela.

Sadio Mané, de cabeça, e Mohamed Salah, com um balaço de fora da área, anotaram os tentos do triunfo que espanta o 'fantasma' de Gerrard. O ídolo ficou marcado por escorregar e ceder o gol numa derrota em casa para os Blues no famoso jogo de 2014, que foi essencial para que a equipe vermelha perdesse o título daquele ano.

Com o resultado, os comandados de Jurgen Klopp reassumem a liderança da competição chegando aos 85 pontos, dois a mais que o vice-líder Manchester City, que tem um jogo a menos.

A equipe de Maurizio Sarri, por sua vez, fica com 66 pontos e mantém provisoriamente a quarta colocação, que dá vaga na Champions League. O quinto colocado Manchester United, entretanto, tem 64 tentos e uma partida a menos, ao passo que o Arsenal, sexto, tem 63 pontos com dois confrontos por realizar.

O duelo marcou o 200º jogo do treinador alemão no comando do Liverpool – são 112 vitórias, 51 empates e 37 derrotas. Muitos desses triunfos vieram nos últimos jogos em casa no Campeonato Inglês, afinal, já são 38 partidas de invencibilidade no Anfield Road. É a melhor sequência do clube desde 1980.

O Chelsea, porém, costumava ser uma pedra no sapato. Nos últimos oito jogos entre as equipes em Liverpool, foram cinco empates e três triunfos azuis - a última vitória havia sido em 2012.

Pior para os londrinos, que deixam escapar sua série de três resultados positivos consecutivos na competição e seguem zerados contra equipes do “Big 6” fora de casa.

Nas estatísticas individuais, boas marcas vermelhas. Salah chegou a 19 gols e empatou na artilharia com Aguero, enquanto Mané vem logo atrás com 18 tentos (sendo nove deles nos últimos oito jogos em casa).

Agora, as duas equipes voltam suas atenções para as competições europeias. Na quarta-feira, o Liverpool visita o Porto com boa vantagem de 2 a 0 pela Champions League. Um dia depois, o Chelsea recebe o Slavia Praga com vantagem mínima na Europa League.

Confira todas as estatísticas desta partida clicando aqui.

Salah e Mané resolvem

A partida começou com o Liverpool tendo a posse de bola e agredindo mais, tentando pressionar os rivais com o apoio de sua torcida. O Chelsea, por outro lado, apostava nos contra-ataques com a velocidade de Willian e do “falso nove” Eden Hazard.

O brasileiro, inclusive, fez grande jogada em arrancada desde o meio de campo e teve boa chance de abrir o placar com chute de fora da área. Mané, pelo lado vermelho, também tirou tinta da trave na primeira etapa, que acabou sem gols.

No segundo tempo, a pressão do Liverpool rendeu frutos logo aos cinco minutos. Salah iniciou tabela com Firmino pela direita, Henderson aproveitou a jogada e descolou um cruzamento na cabeça de Mané. O senegalês só teve o trabalho de posicionar a testa para abrir o placar e anotar seu primeiro gol contra o Chelsea com a camisa vermelha.

A torcida explodiu e os donos da casa foram no embalo. Três minutos depois, o egípcio acertou um balaço de fora da área com a canhota, usando o peito do pé, e fuzilou o ângulo do goleiro Kepa: 2 a 0.

O Chelsea teve que sair para o jogo e carimbou a trave aos 13 minutos, quando Hazard foi lançado nas costas da defesa, mas tirou muito de Alisson na finalização.

Nos minutos finais, os donos da casa souberam administrar a vantagem e segurar os três pontos.