<
>

Lewandowski e Coman não serão multados por briga em treino do Bayern, diz técnico Niko Kovac

O técnico do Bayern de Munique, Niko Kovac, admitiu nesta sexta-feira que houve briga entre os atacantes Robert Lewandowski e Kingsley Coman no treino da última quinta-feira, como haviam reportado jornais alemães.

De acordo com o croata, de fato ocorreu "um entrevero" entre os atletas, mas a dupla não será multada.

"Houve um incidente durante o treino de ontem (quinta-feira). Houve um entrevero entre dois jogadores, e eu conversei sobre isso com eles após o trabalho", disse Kovac, em coletiva de imprensa antes do jogo de domingo, contra o Fortuna Dusseldorf, pela Bundesliga.

"Ambos se desculparam por seu comportamento e disseram que sentiam muito pelas coisas terem chegado ao ponto que chegaram. Não haverá multas a nenhum deles", complementou o treinador.

Em seguida, Kovac disse que não responderia perguntas sobre o tema, mas finalizou: "Há muitas emoções em campo quando estamos treinando. E dá para ver o lado bom de tudo isso também: nós estamos vivos!", bradou.

De acordo com a mídia local, o entrevero foi iniciado quando Lewandowski começou a criticar Coman por errar jogadas.

O francês, porém, não aceitou as críticas nada bem, e rapidamente a briga escalonou para as vias de fato, com ambos trocando socos.

Imediatamente, os zagueiros Niklas Süle e Jerome Boateng tentaram separar os brigões, mas a pancadaria estava em tal intensidade que a dupla de beques não conseguiu parar.

O resto do time, então, entrou em ação, e só assim Lewandowski e Coman foram apartados.

A equipe bávara lidera o Campeonato Alemão e vem de goleada por 5 a 0 sobre o rival Borussia Dortmund, com quem disputa ponto a ponto o título desta temporada.