<
>

Coritiba elimina o Paraná e consegue vaga no sufoco

Divulgação

Em um clássico com cara de decisão no Estádio do Pinhão, em São José dos Pinhais, o Coritiba venceu o Paraná Clube por 1 a 0, garantindo a primeira colocação do grupo B e a vaga para as semifinais da Taça Dirceu Krüger. Como o resultado, o Paraná foi eliminado, terminado na quarta colocação, com seis pontos apenas.

Depois de um primeiro tempo que passou em branco, o Alviverde chegou a seu gol aos 15 minutos da etapa final, com Rodrigão aproveitando escanteio para desviar e marcar.

Nas semifinais, o Coritiba vai encarar o Londrina, que fechou na segunda colocação do grupo A, na quarta-feira, no Couto Pereira.

O jogo

O Paraná começou com maior posse de bola, com uma defesa bem postada, mas com pouca ação no campo de ataque. Aos seis minutos, Jenison recebeu na entrada da área, mas na hora do passe final foi travado por Alan Costa. O troco veio aos nove minutos, com Fabiano pegando sobra de bola da defesa e testando fraco, nas mãos de Thiago Rodrigues.

Aos poucos o Coritiba equilibrava as ações e chegava mais ao campo ofensivo. Aos 13 minutos, Patrick cobrou escanteio e Rodrigão subiu para testar por cima da meta. Aos 16 minutos, foi a vez de Giovanni avançar com a bola e soltar uma bomba, para fora, mas raspando o poste. O Paraná reapareceu com perigo aos 21 minutos, com Guilherme Santos acertando um petardo, pela linha de fundo.

Com as defesas fechadas, a bola parada era uma das armas mais usadas. Aos 30 minutos, Itaqui cobrou escanteio e Sciola testou por cima da meta. O Alviverde chegou a bancar a rede, com Rodrigão, aos 31 minutos, mas o árbitro anulou anotando o impedimento. Juan Alano, sem conseguir entrar na defesa paranista, mandou o chute de longe, aos 38 minutos, e assustou.

Para o segundo tempo, as equipes retornaram sem modificações. O jogo ficou ainda mais travado, com marcação forte e pouca criatividade em campo. Aos 10 minutos, depois de uma boa troca de passes, Rodrigão tentou tocar por cobertura, mas exagerou na força. Aos 12 minutos, Patrick Bray cobrou falta e Thiago Rodrigues fez a defesa.

Quando a partida parecia que continuaria sofrida para os dois lados, o artilheiro Rodrigão apareceu, aos 15 minutos, para receber cruzamento e raspar na bola para estufar a rede e abrir o placar.

Pouco futebol em campo. Aos 29 minutos, cruzamento de Itaqui e Scoila não conseguiu pegar em cheio na bola. Tricolor no ataque e, aos 33 minutos, Jenison pegou sobra de bola e mandou uma bomba para grande defesa de Muralha. Um gol do Tricolor eliminaria os dois times e, aos 43 minutos, Itaqui cobrou falta no ângulo para um verdadeiro milagre de Alex Muralha, que garantiu a vaga no sufoco.

FICHA TÉCNICA:
CORITIBA 1 X 0 PARANÁ CLUBE

Local: Estádio do Pinhão, em São José dos Pinhais (PR)
Data: 31 de março de 2019, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Felipe Gomes da Silva
Assistentes: Luciano Roggenbaum e André Luiz Severo
Cartões amarelos : Sávio, Rodrigão, Elyeser, João Vitor (Coritiba); Leandro Almeida, Guilherme Santos (Paraná)
Gol: CORITIBA: Rodrigão, aos 15 minutos do segundo tempo

CORITIBA: Alex Muralha; Sávio, Alan Costa, Sabino (Romércio) e Fabiano; João Vitor, Vitor Carvalho, Patrick Brey e Juan Alano; Giovanni (Luiz Henrique) e Rodrigão. Técnico: Umberto Louzer

PARANÁ CLUBE Thaigo Rodrigues; Éder Sciola, Eduardo Bauermann, Leandro Almeida e Guilherme Santos; Jeferson Lima (Andrey), Itaqui, Higor Leite (Fernando Neto) e Alesson; Caio Rangel e Jenison. Técnico: Dado Cavalcanti